fbpx

Se colocar no lugar do outro é uma forma simples de conseguir melhorar seus relacionamentos pessoais (e até atingir seus objetivos pessoais). Neste artigo você vai entender como fazer isto e, principalmente, como obter todos os benefícios que esta prática possui para a sua vida. 

Versão em Áudio: Ouça Aqui

O Que é Se Colocar no Lugar do Outro?

Imagine o sentimento de cada pessoa dessa sala e como cada um reage diferente a um mesmo evento.
Imagine o sentimento de cada pessoa dessa sala e como cada um reage diferente a um mesmo evento.

É sair de si.

Vamos imaginar um exemplo simples, o que acha? Imagine que você foi ao Subway e, por algum motivo, a moça te atendeu com extrema arrogância. Então você vira para o seu amigo e pergunta se ele também achou que ela foi rude e arrogante. Seu amigo confirma. Isso é se colocar no lugar do outro? Você acabou de confirmar que ela foi, de fato, arrogante, certo?

Errado, você apenas pediu opinião.

Se colocar no lugar do outro tem relação unicamente com, ora, se colocar no lugar do outro. Imagine que a moça do Subway pode ter mil motivos para estar triste, destruída ou arrogante. Realmente não importa qual o motivo do que aconteceu com ela, mas importa como reagimos a isso. De fato, não podemos deixar que isso nos atrapalhe ou nos afete. Se ela colocar muita pimenta no seu sanduíche de forma que você não consiga comer,

então você precisa intervir.

E intervir não significa falar “você é uma imbecil e está sendo arrogante”. Por mais que, de fato, fiquemos chateados quando algo assim acontece, quando você se coloca no lugar do outro, você descobre que existem motivos que você não consegue descobrir. Então, de repente, faz sentido simplesmente desistir do seu pedido (sem pagar) e explicar, com gentileza, para a moça:

“Muito obrigado, mas imagino que você tem um motivo para estar assim e eu desejo o melhor para você.”

Percebeu que sutileza? É parecido com a revolução da empatia (vídeo abaixo). Se você consegue entender que deve existir um motivo (mas você não sabe qual é), então tá tudo bem. Você também teve dias assim em que você, simplesmente, esteve fora de si e extremamente estressado, violento ou mesmo tentando atacar todas as pessoas porque, por dentro, você estava totalmente destruído.

A Revolução da Empatia | Tati Fukamati | TEDxPedradoPenedo
Watch this video on YouTube.

É uma questão de respeito. Ao outro.

Isso é se colocar no lugar do outro, simplesmente entender que o universo que existe dentro daquela mente é algo que você não pode pensar em invadir ou mesmo entender. E não precisa. Desde que deixe que aquele universo permaneça onde está e não interfira no seu próprio universo. E isso é o que significa se colocar no lugar do outro. 

E, claro, de repente a lei da atração começará a funcionar.

Como Se Colocar no Lugar do Outro?

Você conseguiria se colocar no lugar do outro que colocasse os pés em todos os lugares do carro?
Você conseguiria se colocar no lugar do outro que colocasse os pés em todos os lugares do carro?

É fácil. Eu garanto.

Tudo bem, é fácil mas você precisará sentir na sua própria pele que isto é realmente útil. Não é tão simples quanto aprender a ganhar dinheiro pela internet. Isso porque ganhar dinheiro na internet só precisa de técnica. No entanto, se você quer aprender a como se colocar no lugar do outro, você precisará saber que isto é, realmente, útil para você e sua vida.

Sim, se colocar no lugar do outro precisa de benefícios.

E eu vou te explicar todos esses benefícios para que sua mente (consciente e inconsciente) consigam entender que você consegue se colocar no lugar do outro de uma forma simples e direta. Sua mente e sua vida são voltados ao seu próprio benefício, mesmo que isso signifique se colocar no lugar do outro.

Então relaxe que vai dar tudo certo.

Para se colocar no lugar do outro, primeiro vamos pensar no maior benefício egoísta de todos. Ou seja, que você possa simplesmente absorver os benefícios desta interação. Então vamos ao benefício: quando você demonstra empatia pelo outro, naturalmente uma área do nosso cérebro começa a conectar as duas mentes. E estou falando fisiologicamente mesmo.

Existem os neurônios espelho.

Esses neurônios são responsáveis por ajudar os primatas a ter empatia uns com os outros. São, por exemplo, responsáveis pelos fenômenos da espelhagem da Programação Neurolinguística. É o que faz as pessoas próximas ficarem em posição de sentar/comer/andar similares quando saem juntas. Você usará isso ao seu favor. Quando você tenta se colocar no lugar do outro e entender a sua realidade, então você pode trazer esta pessoa para a sua realidade.

Basta entender a pessoa e, então, ajudar a mudar a realidade.

Isso significa, por exemplo, ouvir o que o outro tenha a dizer (estando normal ou com muito estresse) e respeitar isto. Depois, com calma, continuar a conversa com uma realidade mais natural com o que você deseja daquela conversa. Isso, aliás, também serve para sedução. E, conforme você deixa o outro mais confortável com a sua realidade, você tem mais chances de conseguir o que quer.

Percebe o cenário da sedução se formando aqui?

Quando você faz uma pessoa se sentir confortável com ela mesma (e não com você), você dá a oportunidade dela se abrir mais a você. De repente, um laço de confiança é criado e novas interações se tornam possíveis de acontecer devido  à sua habilidade de se colocar no lugar do outro. E este é o maior benefício de se colocar no lugar do outro. 

No entanto, existe um motivo incrível para isto.

Se você entender que, dentro de cada pessoa, existe uma única alma e história de experiências de vida únicas, você talvez consiga realmente enxergar e respeitar a incrível jornada do outro. Isso de modo que possa usar ao seu favor. Já pensou conversar com alguém e, de fato, querer explorar tudo que existe no olhar que está te olhando? Não somente com seus interesses pessoais, mas com interesses de entender o quanto que esta interação é importante para você aprender.

Aprender sobre o outro.

E se colocar no lugar do outro de uma forma mais intensa. Através da própria narração dela. Este é um modelo que leva mais tempo para absorver e nem todos procuram esta forma de como se colocar no lugar do outro, mas é uma forma mais simples e natural de fazer isso. Mas será que dá pra fazer o contrário?

Deixa te falar como forçar alguém a se colocar no seu lugar.

Como Fazer Alguém Se Colocar no Seu Lugar?

Cada um no seu processo. Cada um no seu momento e no seu estágio de Evolução.
Cada um no seu processo. Cada um no seu momento e no seu estágio de Evolução.

Não tem como.

Fim.

Falo sério. Vou te explicar um pouco melhor sobre como respeitar o outro (e não como fazer ele se colocar no lugar de outra pessoa). É, eu sei, talvez você queira que alguém entenda sua situação, mas apesar disso ser triste de dizer, a única forma de você ajudar alguém a se colocar no lugar do outro é saindo de perto dessa pessoa.

Sim, saindo de perto.

Sim, se for cônjuge, pai ou alguém próximo, isso será ainda mais doloroso, mas é de fato uma forma mais eficaz de ajudar o outro a se colocar no seu lugar. Por qual motivo? Porque todos nós estamos em bolhas de realidade. Isso significa que temos crenças e percepções do mundo que não são mudadas de fora para dentro, mas apenas de dentro para fora. 

E nós podemos causar dor no outro.

Aquele que mais se adapta, normalmente, é quem tem o controle da situação. Então se você aceita perder o contato com alguém por culpa de um erro que o outro está cometendo, então você é essa pessoa (que mais se adapta). Tudo bem, talvez você não queira que chegue até esse ponto. Talvez seja um erro simples. Então você só pode aceitar e deixar acontecer.

É, não existem soluções simples aqui.

Você está aqui neste blog procurando Evoluir na sua própria vida, certo? Se a pessoa ao seu lado quiser Evoluir também, tudo que você pode fazer é recomendar que ela leia este artigo. Nada mais. Se você tentar fazer algo como forçar ela a entender melhor sua forma de pensar, apenas terá mais problemas no relacionamento com essa pessoa.

E aqui começo a mudar meu tom enquanto falo com você.

Quem você pensa que é para achar o que o outro deve ser? Por que você acha que o outro deve evoluir? Você lembra do tempo em que você não se importava com isso? É similar à Hinode, sabe? Mas pode ser Avon ou mesmo uma religião. Se você acredita, fielmente, que algo vai ajudar alguém, então você acaba usando isso para justificar tudo que você faz. Ou seja,

“tudo bem eu ser chato se for pro bem do outro”.

E isso é se colocar no lugar do outro? Se você quer que o outro aprenda a se colocar no seu lugar, por que você acha que tem o direito de não se colocar no lugar dela? Isso parece um pouco hipócrita, no mínimo. Então é isso: tudo que você tem aqui é respeito e autodisciplina. E só. Quer se aprofundar nisso?  Dá uma olhada no vídeo abaixo sobre o Poder da Empatia (Leandro Karnal).

O poder transformador da EMPATIA • Leandro Karnal
Watch this video on YouTube.

E Se o Outro Estiver, Mesmo, Errando?

Ajude ela a crescer.

Pensa comigo: o que significa o outro errar? Para entender como se colocar no lugar do outro, é preciso perceber como não invadir o lugar do outro. Se você ficar o tempo todo julgando e querendo que o outro seja como você quer que ele seja, então você não terá como se colocar no lugar dele. Okay, tudo bem, mas esse não é nosso tópico. O tópico é ajudar alguém a se desenvolver (e a você mesmo) quando existe algo errado.

Pessoas de sucesso fazem isso, sabia?

Quando alguém está fazendo algo que você considera errado (e não importa o motivo de você considerar) tudo que você pode fazer é se respeitar. Ou seja, você pode tomar uma ação interna (e não externa). Se alguém está, por exemplo, importunando você no trabalho, quais ações você pode tomar para respeitar o seu próprio espaço?

Entendeu a diferença?

Muitas vezes nós acabamos achando que o outro está fazendo algo errado porque nós vamos expandindo nosso limite de tolerância até chegar num ponto sem retorno: daqui pra frente, não tem mais como se colocar no lugar do outro e será apenas intolerância para todos os lados. Percebe o quão perigoso é se você não se respeitar?

Então é assim que você ajuda o outro.

Ao se colocar no lugar do outro, muitas vezes você precisa colocar o outro no lugar dele ao impor limites sobre você mesmo. Então garanta que seus limites não estão sendo quebrados para que o outro possa Evoluir no próprio tempo dele sem prejudicar você. Mas e se for outro tipo de relação como, por exemplo, de pai para filho ou de amigo para amigo?

Supondo que você quer que essa pessoa faça algo.

Por exemplo, uma faculdade. Ou parar de fumar. O que podemos fazer? Não há muito o que fazer quando algo é interno do outro. Não depende de você. A pessoa quer ajuda? E, mesmo que isso esteja matando a mesma, você precisará entender que não é sua responsabilidade forçar o outro a mudar. O que você pode fazer é oferecer apoio e até tentar ajudar o outro a entender os benefícios de mudar.

Mas nunca forçar ou reclamar.

De que adianta falar para um fumante que ele deveria parar de fumar? Se ele não quer e não tem motivos, então continuará fumando e isso o consumirá. Seu objetivo é, simplesmente, mostrar que está ao lado dessa pessoa para o que acontecer. E pronto, assim você será ótimo em se colocar no lugar do outro. E, claro, eu sei que é doloroso deixar o outro afundar a própria vida.

Dói, mas nem sempre podemos fazer algo.

E, mesmo quando podemos fazer algo, se colocar no lugar do outro significa se perguntar se devemos fazer algo a respeito. Porque talvez acabemos por remover a felicidade do outro (ou pioremos a situação) no processo de tentar melhorar o outro. Percebe o quão problemático é isto? 

Se quer entender melhor o quão problemático isso é,

então minha recomendação é que você assine minha lista e faça parte dos cursos gratuitos do Alô, Evolução. Lá você descobrirá formas de se desenvolver e entender melhor seus sentimentos e sua própria forma de se desenvolver. Garanto que valerá á pena e, caso você queira algo mais profundo, basta me responder os emails que eu te mandar.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *