Propósito de vida: o melhor investimento que pode fazer por você

Conforme você se dedica e investe energia para encontrar seu propósito de vida, descobrirá que aquilo que busca, sempre esteve procurando por você.

Coisas que considerava importantes passam a não ter sentido e aquelas que pareciam soltas, se tornam importantes agora.

Tudo o que você sempre acreditou pode desmoronar. Não como um castigo, mas como uma chance de despertar.

Dessa maneira, ser mandado embora do seu emprego, sofrer com o término de uma relação e até mesmo uma crise econômica são formas sutis de seu propósito chamar a sua atenção.

Nesse sentido, não faz diferença o quão bem sucedido você é para os outros. Existem muitas pessoas ricas que não estão vivendo os seus propósitos e vivem infelizes apesar de serem consideradas um sucesso.

Calma! Viver seu propósito de vida não significa abrir mão de ter muito dinheiro. No entanto, colocar o dinheiro acima de tudo o que você ama e quer viver, pode resultar em uma vida vazia e sem sentido. Bem longe da verdadeira realização pessoal.

O objetivo deste artigo é falar sobre propósito de vida e trazer ideias para que você se inspire e queira começar a investigar e desenvolver o seu próprio caminho.

Cuidado com o sucesso genérico

Cuidado com o sucesso genérico

Todas as pessoas que conheço, sem exceção, querem ser felizes e alcançar o tão sonhado sucesso e bem estar. De verdade, não me lembro de conhecer ninguém que tenha como objetivo ser infeliz em sua vida.

No entanto, é preciso atenção e muito cuidado com sua definição atual de sucesso. Isso porque, é natural associarmos sucesso com recompensas superficiais e externas.

Ou seja, todos os dias, somos bombardeados pelas mídias dizendo que sucesso é ser rico, ter poder, fama, luxo e influência.

E quanto aos pais? Nos incentivam a trabalhar duro para que possamos ser alguém na vida e fazem o melhor que podem dentro de seu alcance.

As escolas aumentam ainda mais a pressão usando a competição e as recompensas para medir e premiar o sucesso dos melhores alunos. Bem como, as livrarias e a internet, estão cheias de manuais que prometem atalhos e facilidades para o sucesso.

Esta busca por sucesso a qualquer custo tem um preço. As taxas de divórcios e suicídios nunca foram tão altas como hoje. Violência, casos de corrupção e destruição ambiental infestam o mundo todo.

Só para ilustrar, os casos de depressão na faixa etária de 25 a 45 anos multiplicou por dez nas últimas duas gerações. Isto é mais do que suficiente para perceber que essa pobreza de satisfação e existência não é pouca coisa.

Este é o perigoso atalho para o sucesso. Onde a quantidade de tarefas e compromissos substitui a motivação pessoal para encontrar e trabalhar em seus sonhos.

Por isso a importância de pensar e definir o seu propósito de vida. Só assim, você estará de fato, caminhando em direção a sua versão de sucesso e realização pessoal.

Por que é importante ter um propósito de vida?

Por que é importante ter um propósito de vida?

Antes de mais nada, acredito que tudo na vida tem um propósito. Todos nós nascemos com e para algum propósito de vida.

Sem propósito, a vida é um experimento aleatório que resulta em frustração, decepção e fracasso. Sem propósito, a vida é um jogo de tentativa e erro que sofre influências de tudo o que acontece ao seu redor.

Do mesmo modo, sem clareza sobre o seu propósito, o tempo não tem significado, a energia não tem razão e a vida, em algum momento, pode parecer sem sentido.

Por isso, é essencial descobrir e entender o seu propósito de vida para experimentar e construir uma vida feliz e plena.

Algumas definições para propósito de vida

Algumas definições para propósito de vida

Propósito de vida é:

  • Intenção original para criar alguma coisa,
  • Razão para que alguém exista,
  • Causa para a criação de algo,
  • Resultado que se deseja e promove ação,
  • Necessidade que faz alguém produzir produtos específicos,
  • Destino que pede jornada,
  • Objetivo de se querer e fazer algo,
  • Aspirar pela inspiração,
  • Algo que se deseja ou que se quer ter.

Em resumo, seu propósito de vida é a intenção de criar aquilo que você quer viver. Bem como, os objetivos que deseja alcançar.

Todo objetivo pensado de forma consciente é filho de um propósito. Ou seja, cada um de seus objetivos é uma parte do seu propósito… ou pelo menos deveria ser.

Então, até que o propósito seja descoberto, a existência não tem significado.

Só para ilustrar, podemos pensar sobre a conversa de Alice e o gato de botas no livro Alice no país das maravilhas de Lewis Carroll.

Em uma parte da história, Alice se vê perdida e pergunta ao gato: pode me dizer qual caminho devo seguir? O gato responde: Isso depende muito de onde você quer chegar.

Eu não sei para onde quero ir – disse Alice. Se você não sabe para onde quer ir, então qualquer caminho serve. – responde o gato.

Em outras palavras, propósito de vida é saber o que se quer, escolher objetivos, fazer escolhas e tomar decisões que ajudem você a viver os seus sonhos.

É investigar, descobrir e agir para alcançar objetivos que o aproximem da vida que quer viver.

A confusão entre papéis e propósito de vida

A confusão entre papéis e propósito de vida

Muitas pessoas pensam que seu propósito é algo que fazem, mas não é.

Não é o seu trabalho, não são os seus filhos, sua casa, seu cônjuge, sua mãe, seu pai ou qualquer outra coisa externa a você.

É comum a confusão entre papéis e propósito. No entanto, o propósito é sobre algo mais profundo.

Quando você acredita que seu propósito está nas mãos dos outros, pode sofrer uma dura queda. Isso porque, a perda faz parte da vida e não há como fugir disso.

Você perderá pessoas e coisas importantes no decorrer de sua vida. E por mais que eu não deseje isso a você, é o que vai acontecer. Mas, isso não quer dizer que você perderá o seu propósito.

Perder alguém é muito triste e quando seu propósito de vida está atrelado a essa pessoa, isso pode significar o fim de sua vida. Sendo assim, o propósito não é algo que você faz, nem está ligado a algo externo a você.

Quando você entende que tem o poder de escolher e agir de acordo com o seu propósito, começa a encontrar seu verdadeiro poder. O poder de viver com intenção.

Passa a compreender que cada pequena ação realizada e decisão tomada estão conectadas com o seu motivo maior.

Perguntas para reflexão

Nesse sentido, proponho que tire um tempo para pensar sobre o que acreditou significar propósito de vida até o dia de hoje. Algumas perguntas podem ajudar você a se guiar por esse trajeto.

  • Quais papéis de sua vida você já acreditou ser o seu propósito? Por exemplo: família, carreira, negócios e por aí vai…
  • Você já perdeu algo que tinha e ficou sentindo-se sem rumo e perdida(o)?
  • O que essa crença (de perder seu propósito) custou a você?
  • Como seria hoje se o propósito perdido ainda existisse em sua vida?

Esta simples reflexão pode ajudar você a colocar consciência em papéis com os quais você se identifica. Com isso, pode deixar de apenas cumprir compromissos e funções.

Você passa a compreender que seus papéis, bem como ações e decisões, se conectam em um motivo maior. Ou seja, a razão pela qual você está nesse mundo. A contribuição única que você, como indivíduo, pode gerar para si mesmo e para a humanidade.

Quais são os seus objetivos?

Quais são os seus objetivos?

Calma, saber que seus papéis não são o seu propósito pode deixá-lo um pouco confuso, mas isso não quer dizer que você está totalmente perdido. A consciência sempre o levará de volta para casa.

Até agora, você buscou no mundo, pistas e respostas para encontrar o seu propósito. Acreditou que era sua família, um relacionamento ou um emprego. Saiu em busca de algo que só pode ser encontrado dentro de você.

É por isso que as coisas não estão funcionando.

Portanto, quando começar a descobrir seu propósito, é comum que antigos hábitos, lembranças, emoções e crenças sejam questionados e desafiados. É assustador pois atinge quem você, por anos, acreditou ser.

Mas também é libertador pensar, escolher e agir para construir os próprios caminhos.

Em resumo, seu propósito é uma emoção. Quando você entende e assume a responsabilidade por escolher quais emoções deseja sentir, a vida se abre.

As peças se encaixam e tudo o que você se propõe a fazer parece milagrosamente funcionar. O universo conspira para que tudo funcione bem e milagres parecem acontecer.

Não é mágica! Isto é, quando a vida que você vive corresponde ao seu verdadeiro Eu, naturalmente você passa a se alinhar com a batida do Universo.

Daí surgem frases como: Fulano é sortudo. Tudo o que a fulana faz, dá certo. Onde ela coloca a mão vira dinheiro.

Não trata-se de sorte, mas sim de propósito.

A vida se torna mais fluida quando você encontra seu verdadeiro porquê.

Descubra seu propósito de vida através das pequenas coisas

Descubra seu propósito de vida através das pequenas coisas

Para começar o processo de descoberta de seu propósito, tente se lembrar de momentos que fizeram com que você se sentisse mais vivo. É bem provável que você tenha vivido alguns momentos como este em sua vida.

Todos nós tivemos momentos épicos em nossa existência.

Normalmente, estas boas memórias estão ligadas a pequenas coisas importantes como por exemplo: o amoroso abraço de sua mãe ou aquele fim de semana que foi acampar com seu pai.

Quem sabe aquela festa no sítio, com os amigos que você mais ama. Ou aquele dia em que você viu o amor de sua vida pela primeira vez .

São as pequenas coisas que se somam ao longo do tempo para criar grandes coisas.

Assim, durante toda a nossa vida recebemos pistas sobre o nosso propósito. No entanto, é possível que você tenha pensado neles, como nada mais do que lembranças felizes de tempos que não voltam mais.

Quando olho para o meu passado, consigo lembrar de algumas viagens que fiz com meus pais. Foram momentos os quais jamais me esquecerei. Aquele sentimento de harmonia, de conhecer lugares novos e estar ao lado das pessoas que mais amo na vida.

É nisso que recomendo que foque. Em resgatar memórias de momentos em que você foi mais feliz em sua vida. Não precisam ser lembranças perfeitas.

Seu trabalho é sair do piloto automático e colocar esforço para lembrar das pequenas coisas que deram a você o sentimento de felicidade e realização pessoal.

Nesse sentido, mergulhar em um processo de autoconhecimento pode facilitar sua busca.

Mas, sei que começar nem sempre é fácil. Tudo parece muito distante. Sendo assim, quero compartilhar o passo a passo de um exercício que com toda certeza poderá ajudar você a encontrar seu propósito de vida.

Etapa 1 – Respire fundo

Sugiro que faça de olhos fechados, mas se onde estiver não for possível fazê-lo, não tem problema. Trata-se apenas de uma recomendação, uma vez que, estímulos visuais costumam ter grande poder de nos roubar a atenção.

Agora respire fundo e tente escutar as batidas de seu coração. Tente conectar sua respiração com o ritmo que bate seu coração.

Coloque a mão sobre seu coração e apenas respire. Continue assim por 10 minutos e se por acaso sua mente se distrair, traga-a de volta ao ritmo de suas batidas.

Etapa 2 – Tente se lembrar

Quando os 10 minutos terminarem, pare e veja como você se sente. Não julgue, apenas observe e se permita sentir.

Agora feche os olhos e tente se lembrar da memória feliz mais antiga que consiga se lembrar. Aceite a primeira lembrança que vier à mente.

Em resumo, pergunte a si mesmo e aceite a primeira resposta que receber.

Etapa 3 – Anote

Não importa qual seja a sua primeira memória, apenas escreva esta em seu diário, agenda ou aplicativo preferido.

A seguir, responda a si mesmo:

  • Minha memória mais antiga e feliz é:
  • As pessoas que estavam comigo nesse momento são:
  • O que eu acreditei sobre a vida naquele momento?

Após responder, reserve um tempo para refletir sobre essa memória. Como você se sente ao lembrar-se dela?

Etapa 4 – Repita

Novamente, feche os olhos e pergunte-se: Qual a minha próxima lembrança mais feliz?

Do mesmo modo que fizemos na rodada inicial, aceite a primeira resposta que vier em sua mente e escreva:

  • Minha segunda memória é:
  • Quem estava comigo?
  • O que acreditei sobre a vida naquele momento?

Preste atenção em como se sente depois de lembrar dessas duas memórias felizes. Deixe que as emoções inundem o seu corpo. Dê a si mesmo permissão total para sentir qualquer coisa que venha dessas memórias.

Etapa 5 – Pela última vez, repita

Por fim, gostaria que tentasse se lembrar de uma memória feliz mais recente. Não precisa ser algo de outro mundo, uma simples memória ajuda.

Feche os olhos e pergunte-se:

  • Qual a minha memória feliz mais recente?
  • Quem são as pessoas que estavam comigo?
  • O que acreditei nesse momento?

Depois de lembrar-se de sua memória feliz mais recente, feche os olhos por cinco minutos e pense em todas as lembranças que foram resgatadas durante esse processo.

Reserve um tempo para se concentrar nas alegrias do passado e deixe que essas invadam o seu corpo.

Não pense em mais nada, não pense em outras coisas do passado ou futuro. Deixe todo o estresse ir embora e concentre-se em suas três lembranças felizes. Dê a si mesmo o presente de se conectar com sua Alma, talvez pela primeira vez em muito tempo.

E agora, o que fazer?

O processo de descoberta do seu porquê não é algo que acontece do dia para a noite. É necessário empenho, dedicação e reflexão. Sendo assim, estarei mentindo se disser que é algo simples, rápido e fácil.

É preciso dedicar tempo e atenção para conhecer a si mesmo e entender os motivos que estão por trás da vida que você quer viver, das pessoas que quer se relacionar e das conquistas que quer alcançar.

Para isso, recomendo que repita o processo de autoconhecimento algumas vezes. Só assim, você conseguirá clareza sobre momentos e experiências que trazem a você o sentimento de felicidade e realização pessoal.

Com isso, pode assumir o volante e guiar sua vida por este caminho.

Espero de verdade que este artigo ajude você a entender e valorizar a importância de se ter um propósito de vida. Espero também que o artigo motive você a investigar e buscar conhecer seu propósito, caso nunca tenha pensado sobre isso.

Torço para que chegue onde quer chegar e conquiste tudo aquilo que deseja.

Não esqueça de compartilhar o artigo com as pessoas que você ama e se importa. Dê a elas a chance de crescer, evoluir e mudar os rumos de sua história.

Referências:

Descubra seus pontos fortes 2.0 – por Don Clifton (Autor), Tom Rath

Encontre seu porquê: Um guia prático para descobrir o seu propósito e o de sua equipe –  por Simon Sinek (Autor), David Mead

Claim Your Power: A 40-Day Journey to Dissolve the Hidden Blocks That keep you Stuck and Finally Thrive in Your Life’s Unique Purpose – por Mastin Kipp  (Autor), Dave Asprey

On Purpose: How We Create the Meaning of Life –  por Paul Froese 

In Pursuit of Purpose: The Key to Personal Fulfillment – por Myles Munroe

Fique Atualizado!

Receba diretamente em seu e-mail, artigos completos de alta qualidade e valor com objetivo de fornecer a você ferramentas e dicas para acelerar sua evolução diariamente.

Sem Spam! Enviamos apenas conteúdo de alta qualidade para impulsionar sua evolução.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *