fbpx
Será que todo profissional do futuro trabalhará na internet?

Será que todo profissional do futuro trabalhará na internet?

A verdade é que o objetivo deste artigo não é especular, mas apenas explicar o que já é uma tendência bem estudada sobre o profissional do futuro.

Para começar, preciso te explicar que essas habilidades e mandamentos foram baseadas em um estudo de 2015 da Ernst & Young que explicou sobre as chances de várias profissões atuais serem extintas.

Não quero parecer rude, mas se você não entender o que tenho para te falar, o setor que você trabalha pode acabar desaparecendo até 2025 com 99% de certeza (caso do telemarketing).

Mas relaxe, preparei tudo aqui de forma bem simples para garantir que você seja o profissional do futuro.

Para começar, deixa te falar porque você deve aprender.

Quando falo profissional do futuro, me refiro às habilidades elencadas para guiar o profissional do futuro para se manter no mercado. Conforme a sociedade avança, às necessidades vão mudando.

Assim como o acendedor de lamparina não existe mais, o atendente de telemarketing deixará de existir em menos de uma década.

Então leia pensando em sua profissão e em seu trabalho.

Conforme você se põe em total imersão, poderá perceber melhor os benefícios e malefícios do trabalho que desempenha e da forma que o faz.

Com absoluta certeza, se você quiser se tornar um profissional do futuro, este artigo poderá te ajudar a se destacar e, principalmente, a se tornar alguém mais feliz ao incorporar novos padrões de comportamento e pensamento ao seu trabalho.

E, para inspirar, que tal começar com esse vídeo abaixo?

O Profissional do Futuro | Michelle Schneider | TEDxFAAP
Watch this video on YouTube.

As 10 habilidades que foram elencadas estão listadas logo abaixo.

Você pode ter elas como seu ponto inicial e, daí, partir para o ponto onde poderá fazer com que seu nível de profissional do futuro se desenvolva pouco a pouco.

A verdade é que essas habilidades são tão bem criadas que elas preparam você para ficar em evolução contínua o tempo todo. Ou seja, mesmo em 2040 essas habilidades ainda serão atuais.

Isso porque não focam no quesito técnico, mas humano.

E esse é um dos grandes diferenciais do profissional do futuro. A revolução industrial pode ter tirado muitos empregos, mas nos deu a chance de conseguir muitos novos cargos que se adaptaram à velocidade que a sociedade pedia do profissional do futuro.

No entanto, dessa vez, a velocidade está muito maior e conseguimos enxergar o que é, realmente, essencial para humanidade.

  • Autogestão
  • Criatividade
  • Negociação
  • Proatividade
  • Análise Lógica
  • Gestão de Pessoas
  • Trabalho em Grupo
  • Pensamento Crítico
  • Aprendizado Rápido
  • Inteligência Emocional

Entendendo essas 10 habilidades, vou condensar todas elas em 5 mandamentos que ajudarão você a entender mais profundamente cada um dos aspectos e a se preparar para o que está por vir para o profissional do futuro.

Para começar nossa conversa, um tópico bastante relacionado a tudo isso: criatividade.

1. O Profissional do Futuro é Criativo

Enquanto usa robôs e automações a seu favor, o profissional do futuro precisará usar criatividade para atingir seus objetivos.

Enquanto usa robôs e automações a seu favor, o profissional do futuro precisará usar criatividade para atingir seus objetivos.

A criatividade e inventividade vem sendo cada vez mais colocadas em pauta por ser necessária para inovação nas empresas.

O Google, por exemplo, instituiu um dia criativo para seus funcionários, onde eles se dedicam apenas a terem ideias e implantarem criações próprias.

Isso dá liberdade criativa para que todos saibam que possuem um espaço para se desenvolver e que terão o apoio necessário para crescer.

Por exemplo, o setor de call centers.

Como implantar criatividade nesse setor?

Apesar de ser um setor fadado à sua extinção iminente, sempre há espaço para profissionais do futuro de elite que podem aprender técnicas e metodologias que os façam se destacar devido a pequenas mudanças comportamentais e de mentalidade.

Obviamente que existem regras a seguir mas, dentro dos seus limites, o que é possível fazer para inovar na sua profissão?

Criatividade e inovação andam juntos.

Então precisamos de uma forma de estimular nosso pensamento criativo. Uma forma de fazer isso é assistindo vídeos de temas diversos e nos informando sobre criações novas no mundo.

Dessa forma, nosso conhecimento se mistura com aquele que estamos consumindo e, de repente, uma nova informação criativa é gerada na mente do profissional do futuro.

Mas a criatividade é dual, ela pode te fazer perder o foco.

Por isso a proatividade se torna importante nesse cenário:

2. O Profissional do Futuro é Proativo

Proatividade é o exato oposto da automação.

E como essa nova revolução de empregos irá atacar o que é automático, a criatividade se torna um destaque.

Cada vez mais o conceito de knowledge work se difunde, criando empregos que, apesar do seu objetivo final ser conhecido, o caminho é apenas uma suposição de seus gestores.

Deixar que o trabalho se desenvolva e encontre seu próprio caminho é o que fará o profissional do futuro.

E qual a relação disso com proatividade?

Proatividade se une com criatividade para gerar um fluxo de trabalho que independe de checklists. Isso não significa que as checklists serão extintas para o profissional do futuro, mas sim que os caminhos poderão ser diferentes a depender do trabalho a desempenhar.

Isso significa que tomar a atitude e realizar ações que não estavam “no manual” será importante para o profissional do futuro de destaque.

A proatividade também envolve liderança.

As equipes serão auto gerenciáveis e dependerão, cada vez menos, de um gestor centralizador para mandar fazer suas atividades.

O uso de métricas motivacionais e formas de ajudar o profissional do futuro a medir seu próprio desempenho e sentir-se parte da causa da empresa farão com que todos trabalhem em seu máximo potencial.

[captura]

3. O Profissional do Futuro é Sociável

E isso não significa sorrir sempre, mas significa saber se expressar e saber ouvir o outro.

E isso não significa sorrir sempre, mas significa saber se expressar e saber ouvir o outro.

Por mais que você seja introvertido, socializar é necessário.

Isso não significa falar abertamente e o tempo todo, significa que você saiba cultivar bem seus relacionamentos e gerir sua networking de contatos.

Mesmo profissões como programador ou gestor de redes, que idealmente são vistos como profissionais do futuro mais isolados, precisarão de socialização para crescer na carreira. Aparece, então, o ditado de que:

“quem não é visto não é lembrado”.

Essa é uma métrica bastante precisa para entender a importância da socialização.

Por mais capacitação técnica, proatividade e criatividade que o profissional do futuro possua, caso não tenha uma rede para apoiá-lo em sua candidatura a um novo cargo, por exemplo, então nada disso será suficiente.

Pessoas se aproximam de pessoas e escolhem líderes por proximidade e não por diplomas.

4. O Profissional do Futuro é Dual

Ele entende suas qualidades e defeitos numa entrevista.

É comum pessoas procurarem crescer apenas suas qualidades, mas a verdade é que precisamos aceitar tanto nossas qualidades quanto nossos defeitos.

Isso é simples de entender ao usar a analogia do corredor. Quando você está correndo, é impossível estar andando. E isso vale para o seu perfil de personalidade e comportamentos sociais.

Se você é rápido na decisão, você não é lento na decisão.

E isso pode parecer simples, mas é um forte ensinamento. Se você, por exemplo, sempre toma a frente, então é possível que tome a frente em detrimento de outra pessoa que gostaria de fazer isso.

Não considere isso como sendo algo ruim, mas somente considere como sendo algo. Não existe certo e errado, existe apenas aceitação e autoconhecimento.

5. O Profissional do Futuro Evolui Rápido

A tecnologia pode ser descartável e seu intuito, como profissional do futuro, é apenas saber usá-la para seus objetivos.

A tecnologia pode ser descartável e seu intuito, como profissional do futuro, é apenas saber usá-la para seus objetivos.

O profissional do futuro sabe estar no presente.

Evoluir rápido não significa que você irá pensar no futuro o tempo todo e tentar fazer com que ele se torne realidade imediatamente.

Pelo contrário, significa que você poderá agir diretamente no presente e com total estado de presença de tal forma que consiga atingir sua velocidade máxima em evolução e aprendizado enquanto continua feliz e com um propósito a seguir.

Este artigo aumenta sua criatividade?

A proatividade em gerar conteúdos transformadores e que inspirem pessoas a se desenvolverem é essencial para o profissional do futuro.

E, sendo sincero, é isso que eu tenho o objetivo de ser: um respeitado e bem posicionado profissional do futuro.

Faço isso ajudando outras pessoas, como você, a terem uma mentalidade e comportamento que os fazem serem felizes em seus trabalhos.

E, se isso é importante para você,

então talvez seja super importante entrar na lista do Alô Evolução para receber dicas, mensagens e atualizações sobre como se tornar o melhor profissional do futuro que você pode ser.

Como critério de socialização, o Alô Evolução também possui uma comunidade que está pronta para conversar com você e tirar suas dúvidas.


Caio Vinicius

Analista de TI. Apaixonado por Desenvolvimento Pessoal, livros, psicologia e comportamento humano. Viciado em aprender. Acredito que conhecimento seguido de ações é o único caminho para transformar a sua vida.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *