fbpx
Plano de desenvolvimento individual

Para quem deseja evoluir e atingir seus objetivos, é preciso conhecer o Plano de Desenvolvimento Individual.

Afinal de contas, a busca pelo desenvolvimento nos faz ir além. Nos elevando em diversos aspectos da vida.

Então, se você quer melhorar a sua vida, existem formas de acelerar esse processo.

Tornando-o assim, mais rápido e eficiente. Indo além, com resultados extraordinários!

Saindo da estagnação em que se encontra, para ir até onde você realmente gostaria de estar.

Portanto, você precisa de um planejamento que te auxilie. Levando você a encarar suas limitações e desafios.

Dessa forma, confira como fazer isso você mesmo, para atingir a evolução que precisa!

O Que É Plano de Desenvolvimento Individual?

O que é Plano de Desenvolvimento Individual
O que é Plano de Desenvolvimento Individual?

Também chamado de PDI, o Plano de Desenvolvimento Individual é um planejamento para sua evolução.

Ou seja, com ele você define sonhos, metas e outras ações que visam o alcance de seus objetivos.

Sejam eles no campo pessoal, ou para o ambiente de trabalho. Por exemplo, se você deseja fazer uma viagem e/ou conseguir um emprego melhor.

Visando assim, o desenvolvimento através da utilização de suas habilidades e competências. Direcionando-as de maneira a alcançar uma alta performance e melhores resultados.

Seja em objetivos, a curto, médio ou longo prazo. Bem como, deixá-lo preparado para encarar os desafios desse percurso.

Como Funciona O PDI?

O plano, tem por função indicar um meio de atingir resultados em todas as pequenas metas.

Realizando assim, um processo escalável que o aproxima de seus objetivos de vida. De maneira, exponencial e evolutiva.

Através da organização, dando uma visão clara de como agir de acordo com o que deseja.

Logo, trabalhando também o seu autodesenvolvimento. Se tornando alguém mais consciente de si e de suas capacidades.

Não precisando de terceiros para buscar sua própria evolução. Esse crescimento irá partir de você mesmo.

Como Fazer Seu Plano De Desenvolvimento Individual

Como fazer seu Plano de Desenvolvimento Individual
Como fazer seu Plano de Desenvolvimento Individual

De maneira geral, para criar um plano é preciso ter algo em mente, um propósito.

Pois, desse modo você consegue fazer as melhores escolhas. Visando exatamente aquilo que deseja.

#1. Descubra Seu Objetivo:

Então, primeiramente você deve definir qual é o seu objetivo. Ou seja, o que você deseja realizar através do PDI.

Identificando então, o que você precisa ter, fazer e/ou realizar para isso. Por exemplo:

  • Você quer viajar? Quanto dinheiro precisa para isso.
  • Quer uma promoção no emprego? Quais habilidades e especificações são exigidas.
  • Está querendo ganha massa muscular? A alimentação e exercícios ideais para tal.

#2. Analise seu Estado:

Em seguida, você precisa começar a analisar algumas questões sobre si mesmo, tais como:

  • Posicionamento atual: ou seja, aonde você se encontra em relação ao alcance de seus objetivos. Ainda muito distante? Ou falta apenas um pouco de aprimoramento? Além disso, suas atitudes até o momento fluem na direção correta ou apenas te atrasam?
  • Identificação pessoal: descubra quais são seus pontos fracos, mas também os fortes. Muitos se prendem em aprimorar apenas os fracos. Contudo, existe sempre a possibilidade de aperfeiçoar o que já está bom.
  • Autoconsciência: seus comportamentos e atitudes estão lhe auxiliando ou prejudicando? É importante ainda, analisar seu desempenho até agora, e o que te impede de melhorar este. Por fim, descubra como suas habilidades, experiências e competências podem ser usadas para atingir seu propósito.

Descubra 8 razões para desenvolver a sua autoconsciência!

Desse modo, vemos como o autoconhecimento é importante. Pois, ele te prepara para trabalhar com aquilo que você já possui.

E, dá espaço para descoberta de como gerar melhorias em qualquer aspecto da sua vida.

#3. Crie Metas Desafiadoras

Mas, existe um erro comum que o Plano de Desenvolvimento Individual visa combater.

Isso porque, muito se fala sobre evoluir através de metas. Contudo, dificilmente fala-se da importância de sair da zona de conforto.

Sabe quando você deixa de se arriscar, pois, teme o fracasso? O medo de errar não deve ser maior que sua coragem para tentar.

Portanto, após definir um objetivo e determinar o que você precisa fazer ao longo do caminho.

Comece a criar metas desafiadoras que te impulsionem a crescer. Mas, seja realista nesse processo.

Sendo assim, desafie-se primeiramente com pequenas metas. Que realmente possam ser realizadas por você.

De preferência, relacione-as com alguma habilidade/competência, afim de aprimora-las.

Por exemplo, se você tem medo de falar em público. Realize uma palestra, reunião, apresentação, etc.

Afinal de contas, essas limitações podem ser prejudiciais em algum ponto de seu caminho.

#4. Crie Suas Estratégias

Depois de introduzir aos poucos, metas de aperfeiçoamento. É a hora agir e ir atrás!

A partir então, da criação de metas, desenvolva estratégias e ações que contribuem pra evolução.

Sendo assim, você pode fracionar suas metas de modo que sua conquista se torne possível.

Pondo em prática uma ação que visa te motivar. Pois, você irá perceber como é bom conquistar algo, e sentir vontade de ir além.

Assim, uma grande meta pode ser transforma em diversas menores que facilitam o processo.

No entanto, é preciso ainda definir deadlines. Ou seja, prazos para essas metas serem cumpridas.

Evitando assim, que você não leve a sério ou fique procrastinando. Uma vez que, você é o único capaz de realizar aquilo que deseja.

Ninguém fará isso por você.

#5. Faça uma Supervisão:

Por fim, a última parte do Plano de Desenvolvimento Individual, diz respeito ao feedback.

Uma autoanálise que visa o acompanhamento da sua evolução. Verificando assim, se você:

  • Possui foco nessa realização;
  • Cumpre os prazos;
  • Atinge suas metas;
  • Resultados obtidos.

Logo, visando o aperfeiçoamento e mudança de ações que não estão dando os resultados desejados.

Em resumo…

Acompanhe seu Plano de Desenvolvimento Pessoal
Acompanhe o seu PDI

Sendo assim, podemos ver que o Plano de Desenvolvimento Individual, serve para seu aperfeiçoamento.

Através da evolução dos recursos que você já possui. Proporcionando ainda, vantagens como:

  • Clareza;
  • Direcionamento;
  • Automotivação;
  • Senso de responsabilidade e urgência;
  • Autoconhecimento e autodesenvolvimento;
  • Posicionamento;
  • Satisfação pessoal e/ou profissional.

Portanto, se você quer evoluir e se tornar capaz de atingir mais. Saia agora da estagnação.

Comece a correr atrás, criando o seu PDI para escalar mais rapidamente o caminho para aquilo que você considera sucesso!

Gostou do artigo? Aprendeu algo de novo com este conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe com seus amigos.


Caio Vinicius

Analista de TI. Apaixonado por Desenvolvimento Pessoal, livros, psicologia e comportamento humano. Viciado em aprender. Acredito que conhecimento seguido de ações é o único caminho para transformar a sua vida.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *