Planejamento Financeiro – O Passo a Passo Completo

Planejamento Financeiro
Pelo tom do vintage | shutterstock.com

Para que você seja capaz de alcançar sonhos e objetivos, é importante ter um Planejamento Financeiro.

Isso porque, se preparar é a melhor forma de garantir o futuro. Ou seja, aumenta suas chances e possibilidades de sucesso.

No entanto, é preciso se dedicar e ter disciplina, não basta apenas planejar sua vida.

É preciso agir, tirar do papel e ir atrás! Em resumo, fazer acontecer de verdade em sua vida.

Logo, o planejamento é um apoio, um guia para que você não se perca no caminho.

Desse modo, continue lendo para tirar suas dúvidas e aprender a como fazer o seu!

O Que É Planejamento Financeiro?

Mulher ensinando planejamento financeiro
Por Lucky Business | shutterstock.com

Um planejamento, nada mais é do que uma forma de se preparar para algo que você irá fazer/alcançar.

Portanto, o Planejamento Financeiro em geral visa objetivos como, por exemplo:

  • Criar uma reserva de emergência;
  • Economizar e juntar dinheiro com um propósito;
  • Separar capital para investimentos;
  • Atingir a liberdade financeira.

Logo, para atingir algum desses objetivos, ou até mesmo outros. Você irá definir metas, ações estratégicas e buscar avaliações.

Sejam elas próprias ou de outras pessoas/consumidores, para verificar o seu desempenho.

Quando citamos consumidores, vale lembrar que esse planejamento também se destina a empresas/negócios.

Ou seja, você pode usar ele tanto em sua vida pessoal, quanto profissional.

Visando também, melhorias nos processos já existentes. E o que precisa ser modificado para ir além.

Assim, o mesmo vale para você mesmo, pois, é importante analisar se suas ações surtem os efeitos desejados!

Importância de Um Planejamento Financeiro:

“A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar.” – John L. Beckley.

Vemos então, que o planejamento se faz importante para que você recupere o controle de sua vida financeira.

Evitando assim, questões como a falta de dinheiro. Ou até mesmo, o endividamento pelo descontrole nos gastos.

Dessa maneira, pode-se avaliar quais hábitos tem lhe prejudicado, afim de eliminar e melhorar estes.

Como Funciona O Planejamento Financeiro?

Homem mostrando como funciona o planejamento financeiro
De SFIO CRACHO | shutterstock.com

Abaixo, vamos descrever um pouco o funcionamento desse plano, para que você entenda melhor sua realização.

  • Realidade financeira: primeiramente, o Planejamento Financeiro vai identificar sua atual situação financeira.
  • Orçamento: além disso, você irá identificar o quanto ganha, seus gastos fixos mensais e os variáveis. E, o quanto você realmente deveria gastar do seu dinheiro. Passando assim, a pensar de forma mais econômica, sem deixar de viver o agora e se preparando para um bom futuro.
  • Prazos: também, será possível identificar o tipo de objetivo que você possui. Logo, verificando a duração de seu planejamento para atingir este. Em tempo e da melhor forma possível.
  • Investimentos: ao criar um planejamento, é importante também se estruturar para aplicar parte de seu capital. Uma vez que, os investimentos possibilitam que você expanda sua renda, mesmo que ele não seja seu objetivo em si.
  • Avaliações periódicas: você analisar o seu planejamento de tempos em tempos, para verificar como anda o cumprimento de metas e seus resultados.

Vantagens Do Planejamento:

  • Mudança de hábitos: você terá mais qualidade de vida através de uma maior sabedoria financeira. Melhorando sua relação com o dinheiro e consumindo de forma mais consciente.
  • Controle financeiro: com um conhecimento maior de sua situação financeira, baseado no orçamento que fará. Você terá controle, podendo prever melhor seu futuro. Bem como, saber quando e quanto pode/deve ou não gastar.
  • Sair das dívidas: você vai conseguir se reorganizar, achando uma forma de economizar e juntar para quitar débitos. Impedindo que essa “bola de neve” aumente de maneira descontrolada.

Dicas De Como Fazer Um Planejamento Financeiro

Homem dando dicas de planejamento financeiro
De Dusit | shutterstock.com

Abaixo, irei dar algumas dicas divididas em dois pilares, para que você crie seu próprio planejamento.

#1. Estruture Seu Planejamento:

  • Defina suas metas: para alcançar qualquer objetivo, é preciso traçar estratégias. Isso porque, através delas você se mantém motivado a seguir em frente, rumo ao sucesso. Por isso, tenha clareza na hora de definir suas metas, determine prazos para alcançá-las e leve em consideração seu orçamento inicial.
  • Seja realista: para criar metas, lembre-se de levar em consideração sua situação financeira. Não adianta se basear em algo que não condiz com suas capacidades hoje!
  • Análise mensal: o feedback, seja feito por você ou terceiros (empresas/negócios) é importante para avaliar a metodologia escolhida. Caso suas ações não estejam surtindo efeito, não tenha medo de ajustar suas abordagens e metas.
  • Aceite sua condição: portanto, não tente levar uma vida que você não possui. Esteja ciente de suas finanças e não vá além do que pode para manter aparências ou por precipitação.
  • Reserva de Emergência: outra dica importante é juntar dinheiro e investir em uma aplicação segura. Visando assim, juntar uma grana que será destinada a um fundo para imprevistos.
  • Invista: comece a ler, se informar e aprender sobre investimentos. Desse modo, você aumenta o leque de opções para acumular capital. Mas, saia da teoria e coloque em prática o que aprendeu para construir e multiplicar seu patrimônio.

#2. Consumindo de Forma Consciente:

  • Acompanhamento: você deve anotar tudo o que gasta diariamente, incluindo até mesmo as pequenas despesas. Além disso, você também deve anotar todos os seus ganhos, seja do trabalho ou por fora.
  • Compre o necessário: na hora de consumir, não se esqueça de se perguntar algumas coisas como “Eu realmente preciso? Vou mesmo usar/consumir isso? “. E, ao sair para mercado, leve uma lista de compras como guia, e siga ela a risca.
  • Compare: a internet vem facilitando a vida de muitas pessoas. Portanto, utilize-a para comparar preços de mercadorias, e verificar a qualidade de marcas/fabricantes.
  • Deixe o cartão de lado: considerado por especialistas como um dos maiores vilões das finanças, o cartão de crédito deve ser deixado de lado. Mas, não digo que deve cancelar seu cartão. Use-o apenas em casos REALMENTE necessários.
  • Pague à vista: além de você saber o quanto tem disponível para gastar, ainda pode receber descontos.

Conclusão

Carteira cheia é fruto do planejamento financeiro
De Trum Ronnarong | shutterstock.com

Sim, o Planejamento Financeiro é uma espécie de guia para quem deseja ter controle financeiro.

Com base em sua real condição financeira. Ou seja, de forma personalizada para cada pessoa, hábitos de consumo e estilo de vida.

Levando em consideração seu orçamento: quanto ganha, gasta e como usa o que “sobra”.

Além disso, essa organização é essencial para a criação de metas. Ou seja, objetivos pessoais de curto, médio e longo prazo.

Visando então, mapear o que é preciso fazer para atingir aquilo que deseja. Afinal, você possui sonhos e objetivos!

_______________

Eu sou o Caio e quero te ajudar a tomar controle da sua vida.

E posso dizer com base em minhas experiências pessoais, o planejamento financeiro fará toda diferença em sua vida.

A sensação de estar no controle de sua vida financeira, dará a você a liberdade mental para focar em seus outros projetos e metas.

Avalie e escolha você mesmo o seu futuro.

Ficou mais claro, como fazer seu planejamento financeiro? Gostou do artigo? Sentiu falta de alguma informação?

Deixe sua opinião nos comentários para que possamos melhorar a cada dia e compartilhe com seus amigos e familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *