Perguntas para fazer antes de começar no desenvolvimento pessoal

Perguntas para fazer antes de começar no desenvolvimento pessoal

Em algum momento, você decidiu mudar. Decidiu começar a criar a vida que quer viver. Nessa hora, é normal sentir-se inseguro e ter muitas perguntas para fazer.

Isso porque, a maioria de nós não tem ideia do que queremos para nossas vidas. Assim, passamos 20, 30, 40, as vezes 50 anos sem saber quem somos e o que queremos viver.

Nunca fomos encorajados a isso. Sendo assim, é fácil sentir a vida sem sentido.

Mas como disse antes, você decidiu mudar e isso é tudo o que importa.

Durante esse artigo, quero dividir com você, algumas perguntas para fazer a si mesmo antes de iniciar sua jornada de evolução.

Assim, caso esteja perdido ou confuso, poderá se guiar através delas para começar a viver o seu plano de vida.

#1. O que eu quero?

Certamente, você tem muitas coisas para fazer. Esse é o normal do mundo moderno.

Algumas dessas coisas são importantes e outras não.

Fazer coisas que consideramos importantes dão sentido e felicidade para nossas vidas. Por outro lado, atividades sem importância costumam nos fazer perder tempo.

Dessa maneira, a melhor pergunta para fazer a si mesmo é:

“O que posso fazer de importante com o meu tempo?” e então, começar a se mexer para fazer.

Por fim, você passa a utilizar melhor o seu tempo para viver o seu propósito.

#2. Que preço estou disposto a pagar?

Não se engane, tudo é difícil. Por mais que isso pareça pessimista demais, essa é a verdade.

Qualquer coisa que você queira conquistar, envolve um certo custo. Não estou falando de um caminho simples e tranquilo sempre.

Dessa forma, pense sobre quais lutas e sacrifícios está disposto a passar, para chegar onde quer.

Quais desconfortos você é capaz de suportar? Quais problemas você está disposto a encarar?

Está disposto a trabalhar muito, por 10 anos, para chegar ao cargo que deseja? Está disposto a dedicar tempo e atenção para sua família, abrindo mão de outros objetivos?

Só você pode saber o que vale seu esforço e assim, escolher.

Sendo assim, pelo que você está disposto a lutar?

#3. O que foi apagado de mim com o tempo?

Quando criança, me lembro de passar horas brincando com muitos brinquedos jogados pelo chão da minha casa. Assim, quase que todos os dias, passava horas criando mundos e histórias criativas e divertidas.

Entretanto, esse não é o motivo de responder a si mesmo essa pergunta.

Mas, preste atenção nas palavras: criatividade e diversão.

Duas coisas que com o passar dos anos podem diminuir aos poucos em você. Então, nos afastamos de coisas que gostamos de fazer. Ou seja, passamos a acreditar que tudo o que temos de fazer, está ligado ao dinheiro que nos retorna.

Portanto, responder essa pergunta a si mesmo, é reencontrar sua criatividade e diversão, que foram perdidas em alguma curva de sua vida.

Forças importantes para ter clareza sobre sua visão pessoal.

#4. O que me faz perder a noção do tempo?

Essa é uma das perguntas para fazer a si mesmo e prestar atenção.

Isso porque, é bem provável que o seu propósito de vida esteja entre as coisas que fazem você perder a noção do tempo.

Atividades que você ama fazer. Coisas que fazem você esquecer de almoçar, tomar banho e algumas vezes, até de dormir.

No entanto, é preciso atenção. Já que, muitas das atividades inúteis que eu e você fazemos todos os dias, também podem nos fazer perder tempo e a noção dele.

Por exemplo, algumas vezes passo quase uma hora no instagram, sem ao menos perceber. As redes sociais têm muitas formas de nos prender.

Sendo assim, responder as perguntas 1 e 2, podem ajudá-lo a escolher o que é importante e pelo que está disposto a lutar. Evitando assim, que passe a vida fazendo coisas que afastam você dá vida que deseja construir.

#5. O que não faço por medo de ser julgado?

Dentre as perguntas para fazer a si mesmo, essa é uma que pode ajudar você a se libertar.

Então, se por acaso, existe alguma coisa que você queria fazer em sua vida e não o faz por medo de ser julgado. Cuidado, você pode estar se sabotando.

Preste atenção… se você não faz algo porque não quer ou não gosta, então tudo bem.

No entanto, quando deixa de fazer algo por medo do que “seus amigos irão pensar” ou “do que seus pais ou parceiro(a) irão dizer”, então você está sabotando a si mesmo.

Isso porque, se pensar bem, qual o sentido de deixar coisas que ama fazer, por medo do que os outros irão pensar e dizer? Além disso, você fazendo ou não, as pessoas sempre irão falar.

Por isso, assuma a responsabilidade, abrace o desconforto e faça suas próprias escolhas.

#6. Como quero mudar o mundo?

Os valores de uma pessoa são como um guia para viver uma vida feliz e saudável. Pense pelo lado positivo, você já deu o primeiro passo.

Ou seja, decidiu melhorar a si mesmo.

No entanto, quando se vive através de valores, chega um ponto em que melhorar somente a si passa a não fazer sentido. Então, você sente vontade de fazer parte de algo maior, deseja que seu desenvolvimento pessoal possa, de alguma forma, ajudar as pessoas e o mundo.

Dessa maneira, encontre um problema pelo qual se interesse e comece a tentar resolvê-lo. Certamente você não salvará o mundo, mas fazendo a sua parte, o mundo se tornará um lugar um pouco melhor.

#7. O que escolheria com apenas UMA escolha?

Reclamar e continuar sentado na frente da tv o dia todo, com certeza, não vai ajudá-lo em sua busca por se desenvolver. Isso porque, querer melhorar como pessoa envolve sair de sua zona de conforto.

Ou seja, sem que você esteja disposto a testar e aprender coisas novas, nada mudará em sua vida. Assim, quando você começa a experimentar novas ações, passa a encontrar novas paixões. Esse é o fluxo natural.

Portanto, sugiro que pare de buscar inspiração e propósito e comece a testar coisas o mais rápido que puder. Tente coisas novas, leia, aprenda e coloque em prática.

Por fim, depois de testar e identificar coisas que ama fazer, pense na seguinte situação: “Se você tivesse que escolher apenas uma das coisas que gosta de fazer, abrindo mão de todas as outras, qual seria?”

Essa é uma ótima maneira para conhecer suas prioridades na vida.

#8. O que eu faria, se tivesse apenas um ano de vida?

Essa é uma das perguntas para fazer e começar a melhorar a si mesmo de imediato. Isso porque, pensar sobre nossa morte, nos obriga a olhar e pensar sobre o que é importante em nossas vidas.

Imagine-se daqui a um ano, chegando a um velório. Ao olhar para a pessoa no caixão, percebe que é você mesmo.

Como você gostaria de ser lembrado? Quer que seu velório tenha muitas pessoas ou apenas alguns familiares mais próximos? O que seus filhos, companheiro, companheira, amigos, pais e familiares diriam sobre você?

Por fim, quero dizer que esse é um exercício poderoso para que possa começar a pensar e visualizar o seu propósito de vida.

Aproveito também para dizer que, umas das mais importantes perguntas para fazer a si mesmo é: Como posso começar a trabalhar na vida que quero, ainda hoje?

Espero de verdade que responder a essas perguntas, ajude você a encontrar e descobrir o que é importante em sua vida. Para que possa escolher valores que acredita e deseja viver para realizar o seu propósito.

Você é o dono de sua vida e escolhas. É o responsável por assumir o controle, mudar e melhorar coisas e situações que incomodam e atrapalham sua vida

Comece ainda hoje a construir o caminho pelo qual deseja andar.

Compartilhe esse artigo com as pessoas que você ama e se importa.

Fique Atualizado!

Receba diretamente em seu e-mail, artigos completos de alta qualidade e valor com objetivo de fornecer a você ferramentas e dicas para acelerar sua evolução diariamente.

Sem Spam! Enviamos apenas conteúdo de alta qualidade para impulsionar sua evolução.

Continue sua evolução aqui:

Organização Pessoal: Guia Completo Para Começar Hoje!

Autoconhecimento: Como Criar O Futuro Que Deseja Viver

Como Se Organizar: 10 Melhores Práticas Para Iniciar

Aprenda a Ser Sozinho (a): 16 Maneiras Para Começar Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *