fbpx

Dificuldade na crise?

Não se preocupe, não é somente você. Mas isso não significa que você deveria ficar em crise o tempo todo. A verdade é que existem soluções simples e percepções importantes para que você consiga desvendar esse período de crise absurda que estamos vivendo. E, quem sabe até, sair por cima e melhor ainda do que quando tudo começou.

Este texto é para pessoas normais.

Pessoas que, assim como eu, estão sendo inundadas com notícias de que tudo ficará pior e que não há solução. É verdade, a situação é bem grave, mas o pânico e o caos não ajudam a resolver a situação. Pelo contrário, apenas pioram o que podemos fazer com nossas vidas. Logo, o meu objetivo é te ajudar em duas frentes diferentes (além de reduzir ansiedade na crise).

Na sua mentalidade e na sua carteira.

A primeira frente, mentalidade, diz respeito ao seu autoconhecimento e como que você pode atingir resultados incríveis não importa qual seja a sua situação. Basta, simplesmente, entender quem é a pessoa que você é (e não as projeções que você faz). Caso queira, resolvi liberar gratuitamente meu curso de 21 dias sobre autoconhecimento.

A segunda frente é sobre dinheiro.

Neste difícil momento, muitos de nós estão, simplesmente, esgotando todas as reservas financeiras. E sequer conseguem prever quanto tempo levará até voltarmos ao normal. Têm se falado bastante sobre o “novo normal” e preciso explicar um pouco sobre isso. Muita gente acredita que o novo normal virá para todos.

E virá.

Mas não virá ao mesmo tempo. O novo normal é um processo de mudança da consciência coletiva. Algumas pessoas, aquelas que resolverem se adaptar primeiro, serão quem terão os maiores benefícios e conseguirão sair bem melhor quando tudo isso acabar. Ou melhor, quando tudo isso amenizar.

Os efeitos colaterais serão eternos, provavelmente.

Isso porque, neste momento, existem pessoas e empresas que não possuem um salário para dar ou receber e que irão à completa falência e ficarão sem comida na mesa caso não inovem. E eu gostaria de ter boas notícias, mas muitos pequenos negócios (e até grandes) vão mesmo falir. Espero que você queira fazer diferente, então fica comigo e presta atenção nas dicas.

Elas podem ser a diferença para manter sua mente tranquila.

Você Tem Dinheiro Guardado?

Criar um negócio digital na crise não é difícil.
Criar um negócio digital na crise não é difícil.

Quanto, exatamente?

Você precisa saber esse valor exato. E não é o dinheiro que poderá receber no futuro, mas sim sobre o dinheiro que tá na tua conta. Se você é como a maioria dos brasileiros e só usa cartão de crédito, então faça a soma dos limites de cada cartão que possui. Usaremos táticas tanto para quem tem uma boa reserva quanto para quem já está devendo o próximo mês.

  • Ponto 1: saber quanto você tem em dinheiro.
  • Ponto 2: saber quanto você tem em limite de cartão.

Sabendo esses valores, é importante que você faça um inventário real de quanto você precisa gastar por mês. Ou seja, tudo que apertar seu orçamento precisa ser removido. Não precisa remover todo o lazer, mas apenas mudar o que for necessário. Ao invés de almoçar por R$35 no iFood, que tal pedir uma marmita por R$15? Ou, quem sabe, preparar em casa e gastar apenas R$5? E não tenha medo de desagradar, faça o que é necessário para sua sobrevivência financeira.

Seu orçamento precisará pensar no mês inteiro.

O vídeo abaixo te ensina a fazer esse orçamento. Depois que assistir, vou te explicar agora como planejar para a crise.

Como fazer um orçamento SIMPLES e PRÁTICO para SOBRAR dinheiro (e poder pensar em investimentos)
Watch this video on YouTube.

3° ponto: planejando para o apocalipse.

Certo, quanto tempo vai durar a crise? Realmente não sabemos. Os efeitos se arrastarão por anos. Aliás, é a maior crise desde a Grande Depressão de 1929. E talvez piore ainda mais. Como não temos a mínima ideia real, é importante planejar para o pior. Logo, remova todas as suas seguranças, como por exemplo seu próprio emprego.

Se você tem salário, como seria se não tivesse?

Isso volta para o primeiro ponto que falei antes: se você não tem reservas, então está contando com um dinheiro que ainda não recebeu. Neste momento estão havendo demissões de todas as formas possíveis para preservar as empresas. Analise a realidade ao seu redor e haja de acordo com o que é real (e não com “certezas” de que não será demitido).

Tudo bem, você pode estar num setor crítico, como saúde.

Mas a grande maioria dos empregos se tornaram “desnecessários” e uma demissão pode aguardar você. Planeje seu orçamento mensal apenas com o necessário e, a partir daí, faça a projeção dos seus gastos. Em último caso, você poderá analisar seus cartões de crédito e o limite deles. Se o seu necessário ainda for acima da sua reserva ou do seu salário, comece a estourar os cartões um por um começando pelo que possui a menor taxa de juros.

E essa é a última medida possível.

Essa medida significa que você vai se enfiar em dívidas que poderão levar vários anos para sair. Mas caso seja sua última escolha, limite-se ao essencial. No entanto, esse tipo de media não é tão necessária tendo em vista que reduzir custos e aumentar renda é possível ao mesmo tempo.

E é isso que falo mais adiante.

Produto Físico ou Serviço Presencial na Crise?

Seja o que for, até mesmo música, é possível transportar para o digital.
Seja o que for, até mesmo música, é possível transportar para o digital.

Você tem um talento, certo?

No seu trabalho (e vida) você criou/vendeu produtos ou serviços, certo? Isso pode ser utilizado neste momento. Algumas profissões são mais simples de se pensar, como é o caso de psicólogos, nutricionistas e lojas de entrega de roupas. Algumas outras estão tendo inovações enormes no setor, como é o caso dos restaurantes de delivery.

No primeiro momento, muitos restaurantes fecharam.

Imediatamente depois, vários começaram a operar com 100% de delivery e a ter as maiores vendas da história. Esse pode ser o seu caso, mas como é absurdamente contextual, não vou entrar em detalhes. O importante é entender e perceber que você tem o poder de fazer o que for necessário para conseguir ter uma renda ao final do mês.

Seja cozinhando, fazendo crochê ou prestando consultoria.

Alguns canais do Youtube, como o da Nathalia Arcuri, explicam como que você pode criar renda extra, literalmente, do nada. Afinal, não é porque tá tudo fechando que você deve desistir. O trabalho de um empreendedor acontece, de verdade, antes das portas abrirem e depois que elas fecham. As portas abertas são apenas a consequência do trabalho duro.

DICAS PRÁTICAS PRA GANHAR DINHEIRO E CONSEGUIR CLIENTES AGORA! Feat. Ana Tex #TEVIRALINDA
Watch this video on YouTube.

E o Brasil precisa de empreendedores.

Precisa de você.

A economia não pode parar, mas precisamos ficar em casa. E, com isso, é importante respeitar as regras sanitárias mas, também, a sua própria necessidade. Quem tem reservas para 2 anos pode ficar absurdamente tranquilo e até aproveitar queimas de estoque ou mesmo promoções diversas. É até provável que essas pessoas gastem mais nesta crise, afinal, é para isso que elas guardaram: para esperar uma oportunidade.

Neste momento é importante criar consciência.

Consciência da instabilidade da vida e da percepção de que é necessário ter respeito pelos seus instintos mas controlar a criança interior que gasta com tudo que é besteira que existe no mundo. Por isso, que tal aprender um pouco sobre funil de vendas digital para que possa fazer suas vendas de produtos ou serviços até mesmo no Instagram?

Funil de Vendas Digital

Foca no objetivo, olha para cima e seu negócio digital sairá do papel (e rápido).
Foca no objetivo, olha para cima e seu negócio digital sairá do papel (e rápido).

99% das pessoas usam Instagram errado.

99% das pessoas não conseguem vender seus produtos ou serviços. E o motivo é bastante simples, na verdade. O digital confunde a maioria das pessoas por elas não conseguirem entender o cenário completo, mas apenas os pequenos trechos desse cenário. Por isso é importante conhecer o funil e separar as etapas. Quem sabe você atinja seu propósito de vida no caminho?

1°: existe o topo de funil (interesse).

O topo é onde todo mundo entra em contato com você. Você precisa de um volume absurdo de pessoas nessa etapa, principalmente pelo fato do digital converter bem menos que o presencial. No entanto, os custos do digital também são bastante inferiores. Por isso, foque em conseguir atingir o maior número de pessoas possível.

E como fazer isso?

Você pode fazer anúncios no Face/Insta para conseguir pessoas de forma rápida e com baixo custo. Mas também pode criar conteúdo diariamente e aproveitar o efeito bola de neve que isso causa. Quanto mais seguidores e possíveis clientes você tiver, mais ganhará conforme o tempo passa. E isso também vale para o Zap.

Se você estiver fazendo quentinhas, por exemplo.

No caso da quentinha, que tal fazer um anuncio (no Face/Insta) usando a localização do seu condomínio? Ou mesmo publicar no grupo do whatsapp do condomínio que está vendendo quentinhas? Isso atingiria seu público de forma direta e te conseguiria alguns bons clientes. Para alguns exemplos de como lidar com a crise para negócios específicos, recomendo o Instagram do @pedrosuperti. Dá uma olhada nos comentários que as pessoas fazem às perguntas dele.

2°: meio de funil (relacionamento).

O relacionamento é onde as pessoas vão conversar com você para entender melhor sobre seu produto ou serviço. Neste momento é importante ter bastante cuidado com a forma como você gerencia todas essas pessoas. De nada adianta ter 100 pessoas interessadas se você não consegue separar quem tem maior chance de comprar e quem não tem.

As tags do Whatsapp são uma possibilidade.

Ou seja, através das tags é possível que você coloque definições de acordo com cada pessoa que vem no seu whatsapp. Imagine que você vende roupas online. Usar tags pode significar algo como o exemplo abaixo. Claro, esse é apenas um exemplo e você deve adaptar para seu negócio.

– Perguntou sobre roupa.

– Recebeu orçamento.

– Demonstrou interesse em comprar.

– Demonstrou pouco interesse.

– Comprou.

Abreviando essas “fases” é possível separar quem você irá contatar e como fará isso. Precisar ler a conversa sempre que alguém te manda mensagem é, simplesmente, perda de tempo. É no relacionamento que você ajuda seu cliente a entender seu produto e aumenta as chances de venda.

3º: fundo de funil (venda).

A venda é a última etapa, mas também é a primeira. Clientes que já compraram possuem, dependendo do produto/serviço, maior chance de repetir a compra. Por isso, é importante que você saiba que este não é o estágio final e não destrua sua relação com o cliente. 

Observando os Arredores na Crise

A crise está aí. Você vai ignorar?
A crise está aí. Você vai ignorar?

“Não existe isso de crise”.

A verdade é que muita gente confunde lógica com emoção. Lógica significa que você analisa os arredores com cuidado e usa fatos para gerar a sua verdade interna. Quando você usa a emoção, porém, acaba criando uma realidade que você gostaria que fosse verdade (mas que, nem sempre, é verdade).

Como fazer então?

É preciso ter resiliência e entender o que está no mundo afora para reagir de acordo. Afinal, por mais que a crise não te afete, ela está afetando todo o mundo ao seu redor. Se você tem a benção de não ser afetado, então é incrível a possibilidade que você possui de usar isso ao seu favor.

No entanto, cuidado.

Se você não é afetado e, mesmo assim, não deseja crescer (mudar), há grandes chances de você receber os efeitos da crise na “segunda onda”. Ou seja, quando todo mundo já estiver adaptado e você continuar usando os meios antigos de viver a sua vida.

Para isso, conheça-te a ti mesmo.

Liberei, gratuitamente, meu curso de 21 dias de autoconhecimento e acredito que ele é a chave para um desenvolvimento pessoal no qual você consegue entender o cenário ao seu redor e agir no momento correto. Sabe, o Alô Evolução existem com um único propósito.

Dar um Alô à sua Evolução.

E isso significa que não importa sua idade, gênero, cor ou situação financeira. O autoconhecimento é o que te leva a ter mais felicidade e produtividade. Com isso, em pouco tempo, você se recupera de alguma crise que tenha acontecido.

Com carinho, te convido a aceitar o curso de 21 dias.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *