fbpx
gato sem motivação no ambiente de trabalho
Sua motivação no ambiente de trabalho está igual à desse gato? Calma que, com esse artigo, você aprenderá como retomar o controle.

Ter motivação no ambiente de trabalho é algo difícil, principalmente quando estamos passando por um momento que coloca nossa mente longe do trabalho.

Podemos estar pensando na família, amigos ou mesmo na cerveja do fim de semana. Ou podemos estar pensando em sair do trabalho.

Já imaginou se manter motivado quando se quer ir embora?

O nível de resiliência emocional necessário para lidar com esse tipo de estresse é insano.

Mas algo eu posso te adiantar: o maior problema que as pessoas têm em adquirir motivação no ambiente de trabalho não é por “ser difícil”, mas sim por culpa das mentiras que as equipes de RH te contaram naqueles treinamentos de sábado de manhã.

Já participou de um treinamento com palhaço e fantasias?

Se não, é um tipo de treinamento que vem se popularizando para animar a equipe e ajudar na motivação no ambiente de trabalho.

Técnicas de coaching, uns puxões de orelha na autoestima e, de repente, temos uma equipe pseudo-motivada e pronta para voltar ao trabalho na segunda.

Porém, esse artigo é sobre mentiras e como você vai fazer para viver com elas.

Viver, resolver e se motivar no caminho. Pronto pra isso?

Existem diversos fatores que precisamos levar em conta ao lidar com motivação no ambiente de trabalho. O mais importante deles não é algo que vem de cima, mas sim algo que vem de dentro.

Neste artigo vou te ensinar a ajustar sua motivação de forma a enfrentar, de peito aberto, tudo que acontece no trabalho que pode estar destruindo sua motivação.

Se você encaixa nessas categorias, a leitura é obrigatória. Você…

  • Acorda, bate no despertador e revira os olhos ao lembrar do trabalho.
  • Na quinta feira já começa a ficar ofegante ou agonizando pela sexta.
  • Abre o Whatsapp/Facebook/Jogo no Celular mais do que deveria.
  • Demora sempre mais do que o normal na saída pro cafezinho.
  • Conversa, pelo menos, 1h por dia durante o expediente.
  • Sente uma tristeza profunda no domingo perto das 19h.
  • Queria que todo dia fosse fim de semana.

Sabe qual perfil de pessoa encaixa nessas categorias?

Uma pessoa triste que não quer trabalhar. Calma, isso não significa que você é preguiçoso nem nada parecido, apenas quer dizer que você não quer trabalhar por não ter mais motivação no ambiente de trabalho.

Se formos fazer uma análise super inteligente, podemos resolver isso em uma linha.

Motivação = ambiente – trabalho.

Resolvido? Pronto, o artigo já terminou aqui e você já pode se considerar totalmente motivado para voltar ao trabalho.

Brincadeira, agora deixa eu te explicar essa rápida equação sobre motivação no ambiente de trabalho. Vou explicar as variáveis ambiente e trabalho.

  • Ambiente (ou fatores higiênicos): são relacionados à empresa em si. Vai desde a estrutura física, equipamentos, benefícios, salário, iluminação, presença de mulheres e homens bonitos e limpos no recinto, acessibilidade e similares. PS: ignore o nome fatores higiênicos, juro que não fui eu quem o inventou! (foi o Frederick Herzberg).
  • Trabalho (ou fatores motivacionais): isso aqui é o trabalho em si. Se você trabalha com redes de computadores, por exemplo, e ama redes de computadores, já tem um fator motivacional altíssimo. Se você ama e não é reconhecido, então vai ficando negativo. Se o relacionamento com a equipe é péssimo, pior ainda. Se aquela pessoa do RH tá te dando bola então temos um adicional na motivação.

Okay, em resumo temos que os fatores higiênicos são a base do trabalho. São quase imutáveis e não relacionados diretamente às pessoas envolvidas no trabalho.

Imagine que os fatores higiênicos são como uma barreira de entrada, são eles que você olha antes de aceitar a vaga numa empresa.

Fatores motivacionais acontecem quando você está na empresa.

Daí você conhece o Jorge, por exemplo. Jorge é um rapaz gentil e tem seus hábitos. Jorge cobre o primeiro turno do dia e você cobre o segundo.

Só vocês dois tem acesso aos servidores da empresa e eles sempre estão gosmentos com algo que lembra açúcar polvilhado de algo doce e gorduroso comprado na padaria.

Então seu companheiro de equipe não muda o comportamento…

E você começa a se estressar e perder motivação no ambiente de trabalho, mas antes que você se anime com essa história, vou começar a te contar as mentiras em ordem.

Se você for bonzinho e ler tudo direitinho, vou falar mais do Jorge durante o artigo e onde que ele enfia esse sonho de padaria que adora comer.

Mentira 1: O “chicote” Não Funciona Como Motivação no Ambiente de Trabalho

chefe demitindo funcionário não bateu metas
É, sei que não é agradável apontar o dedo, mas será que funciona de verdade?

Conhece o tal do NPS? (Ou Net Promoter Score).

Se não, palmas para você. Para resumir, o NPS (criado pelo Fred Heichhelde) e sistemas similares são os gerenciadores de metas para bater.

Quem nunca entrou numa loja e viu um promotor de vendas (cheio de motivação no ambiente de trabalho) falando para você “faça o cartão C&A para me ajudar a bater minha meta pelo amor de Deus, senhor!”.

É, às vezes algumas pessoas se humilham para bater metas.

E as metas são parte do chicote, mas com um problema.

Se você levar apenas as metas em consideração, então você terá um colaborador padronizado sem identidade e com zero motivação no ambiente de trabalho. Acontece que grande parte das empresas agem assim.

Isso causa uma inversão de valores com os colaboradores da empresa. Como é a motivação no ambiente de trabalho quando você sabe que precisa bater a meta ou será demitido?

Como se motivar quando a meta inclui algo que você odeia?

O Jorge, do nosso exemplo, pode ser um incrível analista de dados e auditor de segurança da rede com alto nível de motivação no ambiente de trabalho.

Mas, talvez, seja terrível com rotinas e procedimentos de manutenção.

Já imaginou adicionar algo obrigatório e o Jorge cair o rendimento porque deixou de focar no que é melhor?

Nem tudo são flores e precisamos tomar banho todos os dias.

Tomar banho é um tipo de “sub-meta”, algo que precisamos fazer e aprender a fazer por mais que “não nos leve a lugar nenhum”.

Tomar banho é o equivalente a deixar o ambiente limpo, para o Jorge, que fere severamente essa sub-meta.

No entanto, realizar manutenção (ou limpeza) parece ser algo que prejudica ao invés de usar as habilidades do Jorge a favor da empresa.

Mas, afinal, como usar metas corretamente?

A sua motivação no ambiente de trabalho ou em qualquer lugar da sua vida pede algo que precisa ser complementado no próximo tópico, que é o lado inverso do chicote.

Por enquanto, o chicote ajuda sim a melhorar a qualidade entre os colaboradores. Algumas empresas costumam fazer a renovação anual de 10% do quadro demitindo as menores métricas da empresa.

O importante é lembrar o que você quer medir.

Se você, ou sua empresa, quiser medir de você algo que você não tem a mínima habilidade (nem o mínimo interesse), quanto mais esforço isso demandar, menos motivação no ambiente de trabalho você terá.

As sub-metas, aquelas que não são específicas do trabalho, devem ser pequenas o suficiente para não atrapalhar nem desmotivar.

As metas principais podem servir como “ponto de corte” (demissão) porque você tem um interesse superior em se desenvolver nela.

Mais do que isso: quem não atinge a meta não é suficiente.

Por mais triste que seja dizer isso, os chicotes ajudam a separar os bons dos não tão bons.

Uma equipe de elite, cheia de liderança e motivação, terá resultados incríveis mas, se alguém estiver no trabalho somente de passagem, acabará não se adequando e será sim demitida. Isso renovará, de boa forma, o quadro.

Motivação no ambiente de trabalho tem seu lado positivo…. (abaixo).

Mentira 2: Metas Mensais Não Ajudam no Desenvolvimento

funcionário mostrando metas mensais nps
Nosso cérebro não tem uma boa noção da passagem de tempo. Quando temos metas objetivas, fica mais fácil entender e decidir por onde ir.

Esse é o lado positivo, simples e rápido do tópico anterior.

Sabe como funciona a meta da maioria das empresas que usam sistemas para gerenciar?

Elas são feitas de modo a manter sua motivação no ambiente de trabalho alta desde que você queira desenvolver aquela habilidade. Como assim? Imagine um velocista, certo? A meta é sempre bater a meta.

Guarde isso para sempre e tudo ficará mais simples.

A Teoria do Flow fala sobre um nível de perícia e outro de dificuldade onde as atividades simplesmente fluem. As suas metas são sempre adaptáveis porque levam em consideração essa teoria.

Se estiver fácil demais, você desiste. Se estiver difícil demais, você desiste. E por que a maioria das pessoas acha as metas difíceis?

Por não quererem desenvolver tal habilidade.

E não se ache um profissional ruim e sem motivação no ambiente de trabalho por conta disso. Existem mil motivos para não querer desenvolver uma habilidade.

Talvez você somente queira seu salário, mas as metas exigem que você fique cada vez melhor. Ao mesmo tempo, você não se esforça para ser cada vez melhor. E agora, o que fazer? Esse é o assunto da Mentira 4.

Metas mensais ajudam quem quer se ajudar.

Ou seja, se você tiver o interesse, vontade e motivação no ambiente de trabalho para aprender a fazer um app, então por mais difícil que seja, você aprenderá a programar com todos os seus esforços.

Faltará até aos eventos sociais e vai otimizar seu tempo enquanto pesquisa sobre produtividade.

Depois disso, a meta mensal ficará fácil demais!

Mentira 3: Colaboradores NÃO Se Motivam Pelo Dinheiro

maleta cheia de dinheiro dolar
Será que você aceitará alguma das propostas que falarei aqui abaixo? Sei que será um exercício interessante.

Lembra quando falei dos fatores higiênicos?

Se eu te der R$30.000 para passar um mês limpando restos de animais mortos num açougue durante 16 horas por dia, você aceitaria? Se seu salário for próximo disso, é provável que não.

Mas se você fizer algo como R$4.000/mês? E se eu aumentar para R$50.000 trabalhando 20 horas por dia durante 3 meses?

Sua mente ficou procurando como se manter acordada?

Ficou pensando em como seria a carga de trabalho? Se haveriam metas de intestinos de porco para retirar? Se teria um ataque cardíaco e qual seria o custo na sua própria saúde?

E se eu te der R$2.000 para assistir Netflix todos os dias durante 5 anos sem trabalhar ou estudar? Sabe o que acontece nesse caso?

Quem ganha algo próximo, dessa vez, vai pensar a respeito.

Talvez quem ganha acima até goste da ideia, mas deixa eu repetir: você não pode trabalhar nem estudar por 5 anos.

Sabe o que aconteceria com sua carreira profissional em 5 anos de Netflix? Você ficaria tão para trás e com a mente tão focada no irreal que precisaria de, pelo menos, um ano inteiro para poder colocar a cabeça no lugar.

Você está trabalhando pro Netflix há 5 anos?

Entenda Netflix como um exemplo de escravização, de matrix. Não que ele seja ruim, é ótimo, na verdade.

Mas você é como o Jorge? Você trabalha das 8 às 18 todos os dias, chega em casa e vai pro Netflix enquanto come 3 pipocas, uma costelinha, 1 litro de Guaraná Diet e 3 Snickers?

Okay, não tão exagerado, mas o exemplo que dei acima pode muito bem ser o seu.

Você está há quanto tempo sem trabalhar ou estudar?

E sim, é possível que você esteja “trabalhando sem trabalhar”. Se você não está melhorando na profissão e está apenas vivendo pelo dinheiro, então voltamos para o começo da mentira.

As pessoas se movem sim pelo dinheiro e muitas até se escravizam por ele.

Evolua a próxima mentira e quebre esse ciclo da matrix!

Mentira 4: Esteja Alinhado Com a Missão da Empresa

funcionária chateada bronca chefe
O que passa na sua cabeça na sexta feira à noite, 5 minutos antes do expediente acabar? Pense sobre o seu alinhamento com a empresa.

Você precisa estar alinhado com a sua missão.

E qual é a sua missão? Se ainda não encontrou, tudo bem, mas não force a sua vida para se escravizar dentro da missão da empresa.

Entenda seus valores e seus limites. Você não precisa estar alinhado com a missão da empresa, mas isso é um bônus para a motivação no ambiente de trabalho.

E como trabalhar se você discorda da empresa?

Para explicar melhor, preciso dizer que é sempre bom sim haver um alinhamento. Isso faz com que o caminho seja mais simples.

Mas, vamos lá, você trabalha num banco e oferece empréstimos apesar de odiar fazer isso, principalmente quando precisa, segundo suas palavras, “enganar a velhinha com o plano Elite Plus Black”.

Mas você precisa do emprego, e agora?

Tudo é questão de foco. Exercite sua resiliência emocional ao focar no que te agrada. É difícil, realmente, bater de frente com nossos valores.

Mas assim como as sub-metas da Mentira 1, a sua motivação no ambiente de trabalho pode estar alinhada com um valor superior, como colocar comida na mesa da sua casa.

E o que fazer para ter uma missão forte e alinhar seus valores?

A dica inicial é ter paciência. Não será do dia para a noite. Gostaria de fazer um artigo, um curso ou uma pílula vermelha para te mostrar como sair da matrix e aprender a viver sua vida.

Mas aqui vai a verdade: tudo que posso fazer é te mostrar os diversos caminhos que existem dentro de você. O autoconhecimento é como a pílula vermelha do Matrix. Eu posso te dar e te ajudar, mas somente você tem o poder de controlar sua vida.

[captura]

E, se você tem problemas com relacionamentos, o que fazer?

Mentira 5: Ter Boas Relações Interpessoais é Obrigatório Para Manter a Motivação no Ambiente de Trabalho

funcionários trabalhando no escritório
Você pode ter colegas de diversos perfis e pode, também, sair um pouco do perfil da empresa. Apesar de ser bom alinhar, saiba como se sobressair.

Essa mentira é bem próxima da outra, na realidade.

Ela exige algo que já citei antes, mas vou colocar de novo aqui: a liderança e motivação é algo ótimo de desenvolver para ter motivação no ambiente de trabalho.

Pelo simples fato de que esta é uma habilidade que trará muito valor para sua carreira, não importa se você é estagiário ou gerente onde trabalha.

Então boas relações interpessoais não é obrigatório?

Lembra que falei das equipes de RH estarem mentindo para você? Pois é, acontece que o objetivo delas, para facilitar a contratação, é podar todo mundo igual um Bonsai.

Dessa forma fica mais fácil entender o ser humano (ser subjetivo) usando perfis comportamentais (critério objetivo e padronizado).

Talvez haja uma habilidade sua excepcional que seja importante ser podada. Talvez haja alguma característica sua excepcional que seja importante de ser adubada.

Usei a mesma frase com um objetivo: características são características. Costumamos colocar os rótulos de “bom” e “ruim”, mas elas somente “são”. E aqui vai algo para você.

O tempo para podar é o mesmo tempo para adubar.

Se relações interpessoais forem um problema gravíssimo para você, invista tempo suficiente para ajustar isto. Mas nunca mais do que na sua habilidade principal.

Esquecemos de desenvolver o autoconhecimento e focamos em preencher um rótulo que alguém quer colocar na nossa testa.

E se a sua motivação no ambiente de trabalho cair…

Mentira 6: Uma Pessoa Motivada Sempre Está Motivada

funcionária motivada no ambiente de trabalho
Motivação diária é mais uma chamada à resiliência emocional que qualquer outra coisa.

Nem todo mundo “tem saco” pra estar motivado o tempo todo.

Atrás de alguém motivado existe dor, amor e resiliência emocional para ter motivação no ambiente de trabalho.

Por esse motivo, eu te sugiro que apenas entenda que quem está num mal dia precisa de apoio e não de represálias. Esse tópico está aqui para para te dizer: relaxe e dê seu apoio.

E se você precisar de apoio, não se culpe nem se julgue.

Todos temos nossos dias sem motivação no ambiente de trabalho. E se você não tiver motivação em momento algum da sua vida, talvez haja algo que precise de atenção com certa urgência em sua vida.

Eu não sei o que é, mas você precisa descobrir. Sei, porém, que a dor do desconforto precisa ser maior que o prazer da falta de ação.

Quando o mundo parecer pesar no seu ombro, faça isso…

Siga técnicas de respiração e aprenda a meditar. Tenho certeza que você entenderá que é melhor ter mais paciência com a vida do que ser falsamente sorridente o tempo todo. Relaxe, tudo está bem.

Mentira 7: Um Coach/Consultor Pode Resolver Tudo

business coach falando sobre motivação no ambiente de trabalho
Aprenda a entender que esses profissionais são ótimos, mas não sabem tudo. Não se desmotive ao ver tudo que possuem na manga. Siga na sua velocidade.

Sabe o que é um Coach?

É um profissional treinado em ajudar você (e sua empresa) a terem, dentre outras coisas, maior motivação no ambiente de trabalho.

Se você ainda não participou de um treinamento de Coaching, então é possível que participe em breve. Acontece que esses profissionais usam técnicas de motivação que vem direto da hipnose. E funcionam muito bem!

Algumas técnicas, porém, não são o seu perfil.

E é sobre isso que quero te falar para sua motivação no ambiente de trabalho. Nem todo Coach possui gabarito suficiente para lidar com todo mundo numa sessão individual, imagine em grupo!

Então, se você ficar desesperado com a vida perfeita que alguém mostra com planejamentos diários que vão de hoje até daqui há 5 anos no futuro, uma profissão ótima, uma família unida e vários outros quesitos como esse, relaxe.

A verdade é que cada um age de uma forma única.

Lembra que te falei que podar e adubar suas características levam o mesmo tempo? Se você faz um planejamento e não tira do papel, será interessante aprender a fazer isso somente se for em prol da sua felicidade.

Entenda que se você for do tipo que planeja, dificilmente será do tipo que executa (e vice-versa). Por quê? Porque uma característica anula a outra.

Solução Para Motivação no Ambiente de Trabalho

Seja você. Ponto final.

Por mais simples que possa parecer, a motivação no ambiente de trabalho precisa de um elemento importante: você motivado.

Se você estiver respeitando sua própria motivação (ao invés de tentar seguir os rótulos que te deram), então sua motivação no ambiente de trabalho já será maior do que o normal.

Para melhorar ainda mais, aprenda isso.

Desenvolva suas características com seu próprio julgo.

É a questão de que você não pode julgar um cachorro pela sua habilidade de subir numa árvore. Use as metas do seu trabalho ao seu favor e de forma que melhorem sua motivação no ambiente de trabalho.

Se você alinhar todos os pilares corretamente, imagino que subirá de nível e atingirá seus objetivos bem mais rápido.

Auto respeito é algo que quero te convidar a ter.

Se você não notou, esse artigo de motivação no ambiente de trabalho falou bastante sobre auto respeito e autoconhecimento. Eu acredito que, quando você tem esses dois, não importa em qual matrix você esteja, você conseguirá ver sempre claramente.

É por esse motivo que convido você a entrar em minha lista logo abaixo. Na minha lista você terá reflexões pessoais que te ajudarão a ser uma pessoa mais feliz.


Caio Vinicius

Analista de TI. Apaixonado por Desenvolvimento Pessoal, livros, psicologia e comportamento humano. Viciado em aprender. Acredito que conhecimento seguido de ações é o único caminho para transformar a sua vida.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *