fbpx
Pode ficar cabisbaixo, mas por pouco tempo. Vou te explicar como exterminar a insegurança no relacionamento.

Pode ficar cabisbaixo, mas por pouco tempo. Vou te explicar como exterminar a insegurança no relacionamento.

Insegurança no relacionamento é algo simples, é verdade.

O grande problema é viver com isso diariamente como se fosse algo comum, como se fosse um simples probleminha e que leves crises de ciúmes não fossem fazer mal a ninguém.

O problema é quando começa a “irradiar” para outras áreas, como sua família, amigos ou mesmo profissão.

A insegurança no relacionamento é como um câncer.

Se você não procurar tratar logo, não é seu relacionamento que terá problemas, mas sim você. A insegurança no relacionamento não tem ligação com seu parceiro ou parceira, mas somente com você.

Se você terminar um relacionamento por conta da insegurança, então o próximo também terá a mesma insegurança se você não Evoluir para lidar com esse problema.

E esse é meu objetivo neste artigo: te ajudar a exterminar a insegurança no relacionamento.

Que tal já começar o artigo no clima? Assista o vídeo primeiro.

Padre Fabio de Melo fala sobre insegurança no relacionamento e dá dicas!
Watch this video on YouTube.

1. Origem da Insegurança no Relacionamento

O passo primordial antes de qualquer ação é descobrir qual a origem. Qual a origem dessa dor da insegurança no relacionamento?

No pior caso, se pensarmos, existem pessoas que se tornam escravas das outras pelo simples fato de não possuírem resiliência emocional suficiente para poder terminar o relacionamento.

Se você, por exemplo, vive num relacionamento abusivo e sofre o tempo todo, então talvez sua insegurança no relacionamento esteja em níveis alarmantes.

Aqui vou abordar algo mais simples.

Algo como ciúmes, dúvidas e inseguranças no relacionamento em geral. O tipo de insegurança que, quando você fica triste, percebe que era apenas uma breve historinha da sua mente.

E que, no final, tudo está e estava bem. Ou seja, é um grau mais leve mas que é alimentado diariamente e que pode acabar evoluindo para casos mais severos.

Para garantir que isso não aconteça, continua aqui comigo que você vai aprender muito sobre você neste artigo sobre insegurança no relacionamento.

E eu tenho uma resposta pronta aqui.

A origem da insegurança no relacionamento está em você. Por mais chato que seja dizer isso, a insegurança no relacionamento somente pode vir de dentro de você.

Isso significa que, no caso mais extremo, tudo que você tem a fazer é terminar o relacionamento. Mas, se você não consegue fazer isso e continua no relacionamento, então saiba que a decisão é sua.

E quero te ajudar a fazer com que, seja lá qual for sua decisão, que seja uma decisão que você se orgulhe e fique feliz com isso.

Saiba como não se tornar dispensável.

2. Você Se Tornou Dispensável?

Por mais doloroso que pareça ser, você pode estar se tornando tão dispensável quanto uma garrafa plástica.

Por mais doloroso que pareça ser, você pode estar se tornando tão dispensável quanto uma garrafa plástica.

Esse é o pior erro que você pode cometer.

Um relacionamento saudável é aquele onde ambos continuam Evoluindo como pessoas mesmo que estejam juntos todos os dias.

Nós, humanos, temos a tendência natural de procurar aquilo que está distante de nós. Entenda distante como sendo comportamentos, gostos, prazeres e tudo que nos definir de alguma forma.

É como se estivéssemos Evoluindo sempre.

Quando aprendemos ou dominamos determinada técnica, então deixamos de achar ela prazerosa por conta da baixa dificuldade.

Basta pensar na Teoria do Flow que significa, basicamente, que uma atividade precisa ter dificuldade suficientemente alta para que seja desafiante mas que ainda seja possível aprender algo. Se algo é fácil demais ou difícil demais, então perdemos o interesse ou ficamos ansiosos.

Se analisarmos a insegurança no relacionamento,

então percebemos que, ao notar pessoas iguais, é como se tudo que o outro fizesse já tenha sido dominado. Se, por exemplo, o nível intelectual de ambos é muito desproporcional, então haverá um abismo de comunicação (que é um dos próximos tópicos).

Esse abismo significará que, enquanto para uma pessoa tudo será muito chato, para a outra tudo será muito difícil de entender. Ambas estão em extremos opostos da Teoria do Flow.

Como resolver isso?

Mantendo sua independência e cuidado em Evoluir constantemente e diariamente. Você não precisa (e não vai conseguir) compartilhar de todos os gostos. Talvez seja importante para você ficar próximo da pessoa amada durante o jogo de futebol (mesmo que você odeie futebol).

Mas já pensou que você poderia fazer outra atividade que te gere prazer neste momento? Assim você não anula sua personalidade pelo outro mas, pelo contrário, continua lapidando o que existe em você para que consiga atrair o que existe no outro.

Se isso não acontecer, você pode ter uma projeção.

3. Realidade x Projeção: Criadora da Insegurança no Relacionamento

É, seus olhos mentem. Sua mente cria. Sua realidade altera.

É, seus olhos mentem. Sua mente cria. Sua realidade altera.

A projeção é como uma mentira.

Basta pensar num simples projetor de slides na parede. Tudo que o projetor faz é interpretar sinais elétricos em imagens. A partir dessa interpretação ele projeta a imagem na parede.

Mas existe um truque aí. Não existe como o projetor conseguir colocar a cor preta na sua projeção. No entanto, por algum motivo, em todas as apresentações de slides que você viu na vida havia alguma tonalidade preta.

Como é possível, então, existir o preto?

Na verdade, o projetor usa a sua (projetor) interpretação para lidar com nossa (humanos) interpretação. Tudo que vemos preto num projeto é apenas o “recurso auto complementar” da nossa mente.

É como se nossa mente preenchesse os vazios com o preto que não existe. E, dessa forma, conseguimos ver muito bem o que deveria ser preto. Tudo baseado na interpretação.

A insegurança no relacionamento é igual ao projetor.

Primeiro nós recebemos dados (eletroquímicos) e, conforme interpretamos a realidade, colocamos ela à nossa frente para analisarmos. Nem sempre vemos insegurança no relacionamento.

É comum que vejamos traição, falta de amor, falta de atenção e outros problemas emocionais que projetamos no outro. Porém, talvez seja em nós que a insegurança no relacionamento esteja.

Imagine uma traição…

Se você está com certeza de que foi traído, então sua mente irá projetar na parede a imagem de que você foi traído. De uma forma mais clara, a projeção na parede é sua insegurança no relacionamento sendo escancarada para todos verem.

Essa insegurança, repito, é projetada fora de você e não dentro. E aí que vem o problema: se você está apenas projetando para fora, então está esquecendo de Evoluir para dentro.

Uma forma de lidar com isso é com comunicação.

A comunicação pode melhorar a visualização do seu cenário atual, trazendo a você maior liberdade no pensamento e maior realidade sobre a insegurança no relacionamento que você possua.

É interessante perceber que, se você apenas sente e não conversa com o outro, sua imagem será apenas uma projeção sua.

Ao abrir um diálogo, uma comunicação, o outro tem a oportunidade de te ajudar a interpretar os sinais eletroquímicos do teu cérebro (sentimentos).

[captura]

4. Diálogo e Insegurança no Relacionamento

Existe diálogo que amplifica e diálogo que piora a situação do relacionamento.

Existe diálogo que amplifica e diálogo que piora a situação do relacionamento.

A dualidade não nos permite ser seguros o tempo todo.

Se você está lendo até aqui e se sentiu triste ou injustiçado em algum momento, apenas relaxe. Não é culpa sua ser humano e ter sentimentos que geram a insegurança no relacionamento.

Na verdade, é essa oportunidade que você recebeu que vai te dar a possibilidade de Evoluir para a próxima etapa. Então é bom aproveitar para poder se tornar quem você merece se tornar.

Sabe como conversar com pessoas inseguras?

Vou te explicar como abordar uma pessoa insegura e o porque. Isso será necessário mesmo que seja você quem tem a insegurança no relacionamento.

Basta entender os porquês e você terá a chance de mudar, em você, os aspectos que estão gerando essa insegurança no relacionamento. Uma comunicação efetiva ajuda a clarear bem os pensamentos de ambos os envolvidos na relação.

Uma pessoa insegura tem uma realidade alterada.

Lá na Programação Neurolinguística existe um conceito de que “o mapa não é o território”, que é uma analogia sobre como nós vemos a realidade de forma alterada e não, exatamente, o que ela é.

Quero que lembre disso. Uma pessoa que tem insegurança no relacionamento, possivelmente, está com a realidade alterada e não consegue ter um sentido real.

Não julgue, culpe ou brigue com alguém assim.

Por mais que não seja culpa sua, apontar o dedo para uma pessoa ferida apenas irá piorar o cenário. Você pode, junto da pessoa, tentar explorar o problema.

Isso quer dizer que você pode, por exemplo, tentar abrir as desconfianças da pessoa caso isso não seja um problema para você. Pensemos no Whatsapp. Talvez a pessoa que possua insegurança no relacionamento queira ver seu Whatsapp porque desconfia de você.

Lembre-se: é um estado mental alterado.

Talvez seja uma boa ideia abrir o Whatsapp e mostrar que a realidade está alterada, ou seja, que nada está errado. Mas há também o problema da pessoa encontrar “algo onde não existe”. Por mais que você seja aberto, ainda existe essa possibilidade.

E como lidar com isso? Somente o contexto pode dizer. Se você, de boa vontade, abre sua privacidade, abre o diálogo e tenta solucionar mas, mesmo assim, não adianta, então é hora de ajudar a pessoa de outra forma. Porém, negando o que ela quer.

Ajudar não significa fazer o que o outro quer.

Ajudar significa que você fará o que é necessário para que a pessoa supere seja lá qual momento ela esteja passando.

Em alguns casos mais extremos, em que a realidade está tão alterada que qualquer questão se torna motivo de briga, talvez a única forma de ajudar seja, realmente, terminando o relacionamento e acabando, de vez, com a insegurança no relacionamento.

5. Você Já Se Sentiu Em Segurança?

Todos temos um porto seguro guardado em algum lugar lá dentro de nossa própria realidade. E, se você não tiver, basta criar.

Todos temos um porto seguro guardado em algum lugar lá dentro de nossa própria realidade. E, se você não tiver, basta criar.

Esse é um porto seguro, um lugar onde podemos sempre voltar quando nos sentimos mal.

O que eu quero te dizer é que todos temos um lugar assim na nossa mente. Se você prestar bastante atenção, encontrará um lugar no passado em que você teve segurança. E, se não encontrar, você tem uma enorme oportunidade de evoluir nessa questão exatamente agora.

Você pode se tornar uma pessoa segura.

A insegurança no relacionamento pode ser algo que surge com o tempo assim como desaparece com o tempo e, conforme você vai evoluindo como pessoa, sua jornada vai ficando mais fácil e mais tolerável.

Insegurança no relacionamento não tem idade, sexo nem condições que justifiquem. É somente algo que, em um momento ou outro, vamos ter de lidar.

Sobre seu local seguro…

minha dica é que você encontre ele agora mesmo. Pega um caderno, o celular ou o que achar necessário para anotar. Seu lugar seguro é um momento qualquer em qualquer área da vida.

Se você tem insegurança no relacionamento, você pode lembrar de um momento há 3 anos atrás em que você fez aquela apresentação na faculdade para 150 pessoas e que se sentiu plenamente confiante. Anote tudo que lembrar desse momento.

Esse é o seu “local seguro”.

É no local seguro que você vai construir a sua confiança. Sempre que você sentir que está tendo uma insegurança no relacionamento, abra seu caderno (ou celular) e busque seu lugar seguro.

Imagine-se como seria inserindo a outra pessoa naquela cena ou, melhor ainda, que você estivesse assistindo aquele momento mas que ele fosse sobre seu relacionamento.

Vá conectando os pontos e construindo sua confiança.

Com o tempo, você irá Evoluir e se tornar alguém cada vez mais seguro de si e pronto para se tornar quem você merece ser.

Através do autoconhecimento, você pode encontrar tudo que está dentro de você e que somente você pode encontrar a resposta.

Sobre isso, e ainda sobre a insegurança no relacionamento, eu posso te ajudar te convidando para entrar na minha lista exclusiva onde envio conteúdos ainda mais impactantes diretamente no seu e-mail.


Caio Vinicius

Analista de TI. Apaixonado por Desenvolvimento Pessoal, livros, psicologia e comportamento humano. Viciado em aprender. Acredito que conhecimento seguido de ações é o único caminho para transformar a sua vida.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *