Falsidade: como afastar essa energia negativa de sua vida!

Quase todos os dias ouvimos falar sobre falsidade.

Se você for como eu, a cada dia que passa, deve estar com mais medo de confiar nos outros. Vivemos com a constante impressão de que, a qualquer momento, podemos ser enganados.

Talvez você não tenha ideia de como esse sentimento pode atrapalhar sua vida. Sendo assim, não investe devida atenção para afastar e evitar a falsidade em sua vida.

No entanto, é provável que já tenha se arrependido de confiar em alguém.

Confiou e dançou… Eu sei bem como é isso!

Ao sentir-se traído, de maneira inevitável, teve de lidar com a falsidade.

Então, nos fechamos e passamos a acreditar que, hoje em dia, não podemos confiar em mais ninguém. Mas calma, não é bem assim.

Viver perto de pessoas falsas é muito prejudicial para sua vida, mas isso não quer dizer que, você tenha que se isolar em um cabana na floresta.

Nesse artigo, quero compartilhar com você, formas para reconhecer e lidar com pessoas falsas. Evitando que elas atrapalhem a sua vida.

Falaremos sobre:

O que é falsidade?

Papéis, falsidade e verdade.

Você com certeza já viu histórias parecidas com essas:

Aquele colega com sorriso largo, que abraça você todos os dias ao chegar no trabalho. 

O amigo de infância que, de tempos em tempos, aparece para matar a saudade dos velhos tempos. 

Ou podemos falar sobre aquele vizinho que, aos finais de semana, passa 1 hora conversando com você no portão.

Pense comigo, não há nada de errado com as situações acima. 

Tudo parece normal, exceto pelos seguintes fatos:

  • O mesmo colega que o abraça e diz gostar tanto de você, em sua ausência, fala mal de você para todas as pessoas da empresa;
  • Lembra do amigo de infância? Pois então, de tempos em tempos ele aparece só para lhe pedir ajuda e dinheiro. Fora isso, ele nunca procura você;
  • E o vizinho gente boa? É o mesmo que espalha por toda a vizinhança que você é mal educado. 

Depois de falar através de exemplos reais do cotidiano, fica mais fácil definir falsidade.

É o oposto da sinceridade e da verdade.

Ou seja, a falsidade pode ser resumida em atitudes e comportamentos de alguém que não valoriza a verdade.

Alguém que não valoriza um bom e sincero relacionamento pessoal.

Uma pessoa falsa busca formas de se aproximar, escondendo sua verdadeira personalidade para forçar uma conexão.

Busca formas de levar vantagem em qualquer situação, mesmo que, alguém seja prejudicado com isso.

Sendo assim, confiar e esperar cooperação de alguém que vive envolvido em falsidade, resulta em frustração.

Uma vez que, pessoas falsas importam-se somente com seu próprio bem estar. Elas não respeitam e não se preocupam com as pessoas ao seu redor.

Elas escondem a verdade, inventam histórias e fatos que nunca aconteceram. Tudo isso para conquistar o que desejam.

Mas o que será que sentem as pessoas falsas?

O que sentem as pessoas falsas?

Rosto com máscaras disfarçando a personalidade.

Poucas coisas têm o poder de nos impressionar.

Nas últimas décadas, acompanhamos mesmo que através de jornais, revistas e agora na internet, diversos avanços e progressos conquistados por nós, seres humanos.

No entanto, nessas mesmas décadas, acompanhamos também os casos mais absurdos de enganação, maldade e falsidade que já aconteceram no mundo.

Guerras, fome, desigualdades, doenças e fraudes atrás de fraudes…

É inegável que somos capazes de fazer coisas que jamais poderíamos imaginar. Isso para o bem e para o mal.

Uma pessoa falsa pode ir além de uma personalidade mentirosa.

Ou seja, não se trata apenas de inventar histórias para se dar bem em algumas situações. A falsidade pode se tornar uma doença.

Aprendemos muito rápido a esconder e maquiar quem somos, para que possamos ser aceitos por colegas, amigos e vizinhos.

Dessa maneira, é algo que cresce de forma natural em nós, seres humanos.

É preciso atenção e cuidado para não se perder em ilusões. 

No entanto, pessoas falsas acreditam ser incapazes de mudar e melhorar.

Acreditam não poder tirar as máscaras e viver uma vida genuína. Pois assim, estariam sujeito à manipulação dos outros.

Não existe culpa ou reflexão, apenas a vontade de vencer, se defender e aprimorar histórias mentirosas.

No geral, pessoas falsas apresentam alguns comportamentos como:

  • Insegurança,
  • Insatisfação com a própria vida,
  • Falta de empatia,
  • Inveja,
  • Desejo frequente de mudança,
  • Falta de sinceridade,
  • Incapacidade de compreensão,
  • Mentiras,
  • Não costumam manter longas amizades,
  • Necessidade de controlar a vida das pessoas,
  • Não conseguem ter apenas uma personalidade.

No entanto, é possível identificar uma pessoa falsa?

Sinais que mostram que uma pessoa é falsa

É preciso estar atento às pessoas que fazem parte de nosso ciclo social.

Não é possível controlar e garantir que apenas pessoas com boas e sinceras estarão ao nosso lado.

Então, estamos todos os dias nos “arriscando” e isso faz parte da vida. 

No entanto, perder tempo com pessoas falsas, que mais atrapalham o seu caminho do que ajudam, não é uma opção.

Antes de abrir sua vida para qualquer um, busque se relacionar com pessoas confiáveis, que emanam boas energias e querem o seu bem.

Dessa forma, podemos avançar e falar sobre como reconhecer a falsidade no ar.

#1. Falsidade é tratar com diferença

Pessoas que tratam as outras de acordo com o cargo, grana e/ou status.

Aquele típico perfil que cresce diante de pessoas que considera inferiores a ele.

É grosseiro(a) com a moça da padaria, gosta de tirar sarro das pessoas na rua e humilhar pessoas que trabalham na manutenção, da empresa que trabalha.

No entanto, quando em contato com pessoas que considera “importantes” , sua atitude muda. Passa a falar manso e se disfarça de bom amigo com pessoas que pode se dar bem.

Você com certeza já conheceu alguém assim.

Essa é uma pista de que você convive com uma pessoa falsa.

#2. Falsidade é levar vantagem

O famoso ou famosa esperta(o). Sorridente, conversador(a) e gente boa. Mas por trás dessa máscara, tudo o que ele quer é ganhar.

A falsidade é pautada no egoísmo, ou seja, satisfazer o Ego. 

Entenda Ego como uma falsa imagem de quem é você. Uma imagem do seu estado atual e não a sua essência.

Uma voz que fala em seu ouvido:

“Ser bom e capaz é GANHAR SEMPRE. Mesmo que para isso, seja preciso enganar e magoar os outros.”

Por fim, alguém que só pensa em ganhar, não estará preocupado em quais caminhos seguir ou se existe a chance de prejudicar alguém.

Pessoas falsas não medem os esforços e danos para alcançar aquilo que desejam.

#3. Falsidade é precisar de atenção

Pessoas falsas querem ser notadas, de qualquer maneira.

Entretanto, sem autoconhecimento e tentando agradar ou iludir os outros, encontram problemas para se destacar pelo que são.

Então, passam a apelar.

Aumentam a voz, forçam risadas e tentam diminuir os outros. Pois, acreditam que suas escolhas e atitudes são sempre melhores. 

Em casos mais estranhos, elas podem até mesmo correr para abrir a porta do carro para o chefe.

O seu objetivo é ser o centro das atenções.

Dessa maneira, olhe com atenção para pessoas que gostam de chamar atenção a qualquer custo.

#4. Leva e traz

O amigo que não é amigo.

Aquele colega de trabalho que almoça todos os dias com você.

Após 1 ano trabalhando juntos, você decide compartilhar com ele um segredo pessoal.

Ao chegar para trabalhar no dia seguinte, a empresa inteira está sabendo o seu segredo.

Mas calma, não leve para o pessoal. Não é com você, pessoas falsas fazem isso o tempo todo.

Elas pegam informações das pessoas que se relacionam, para em suas próximas conversas, compartilhar com outras pessoas.

Existe uma necessidade de acompanhar e atrapalhar a vida dos outros. Para que possam se sentir bem e superiores.

#5. Falta de compromisso é sinal de falsidade

Assumir um compromisso é garantir que você estará presente ou fará alguma atividade. Contudo, é claro que imprevistos acontecem e todos nós sofremos com isso.

No entanto, preste atenção em pessoas que toda hora marcam algo e em cima da hora, desmarcam.

Esse pode ser também um sinal de falsidade.

#6. Desconforto

Amizades devem ser prazerosas, elas nos ajudam a recarregar as energias em meio a louca correria dos dias que vivemos. 

Nos sentimos bem, quando estamos rodeados de bons amigos e colegas.

Podemos ser quem realmente somos. Porque somos aceitos e queridos pelo nosso próprio jeito de ser.

Na presença de pessoas falsas é natural que você não se sinta bem e confortável. Uma energia de julgamento e interesse está no ar. 

Então quando sentir desconforto na presença de determinadas pessoas, preste atenção!

#7. Interesse

Você conhece pessoas que só se aproximam de você quando precisam de algum favor?

Quando precisa de você, uma pessoa falsa pode ser mais doce e educada que um verdadeiro amigo. Mas quando já não precisam de você, são secos e somem.

Essa alteração de humor e atitudes conforme a necessidade é uma das características da falsidade.

#8. Críticas não construtivas podem significar falsidade

Estão sempre querendo diminuir ou desencorajar alguém. Dessa maneira, criticam atitudes e projetos dos outros. Sobretudo, com o objetivo de afirmar que são melhores em tudo o que fazem. 

Então, eles tentam atingir sua autoestima.

Não são capazes de reconhecer o esforço e sucesso dos outros, pois acreditam que seus caminhos são melhores.

Eles querem que você se sinta incapaz. Já que, consideram o seu fracasso como um degrau para o seu sucesso.

Não Deixe a falsidade afetar sua vida

Pessoa sentada triste com a falsidade das pessoas.
Acabamos nos autodestruindo ao convivermos com pessoas falsas.

Conviver com a falsidade não é uma tarefa fácil. No entanto, não somos bons em separar amigos confiáveis de pessoas falsas.

Vira e mexe, nos somos decepcionados com atitudes falsas de supostos “amigos”

Sendo assim, é possível se proteger de falsas amizades?

Quero apresentar a você, um passo a passo para que possa avaliar e definir as pessoas que deseja manter em sua vida.

Passo 1 – Quem são seus verdadeiros amigos?

Amigos não escolhem bons ou maus momentos para estarem ao seu lado, eles estão em ambos. 

Certamente, ficam felizes com seus avanços e conquistas. Estão ao seu lado para ajudar, caso precise deles.

Verdadeiros amigos se interessam e se preocupam com seu bem estar e sentimentos. Portanto, nos sentimos acolhidos e amados por eles.

Mas para que possa viver bons relacionamentos é preciso escolhê-los bem. Essa é uma responsabilidade somente sua.

Sendo assim, escolha bem suas amizades e cerque-se de felicidade, energia e saúde. Quando está rodeado de pessoas falsas, o melhor a fazer é se afastar. Antes que elas atrapalhem a sua vida.

Dê uma olhada nas pessoas que estão a sua volta e escolha amizades de valor.

Passo 2 – Você tem amizades forçadas?

Amigos forçados são aqueles que você não gosta de conviver, no entanto, acaba cedendo por se sentir culpado.

Uma estratégia perigosa, uma vez que, você pode acabar se tornando o amigo falso da história.

É natural que aos poucos, suas desculpas e falta de vontade afastem você de alguns amigos. Nesse caso, o melhor que pode fazer é ser sincero e honesto.

Quando não quiser estar com alguém, fale para a pessoa.

Mesmo que isso faça com que sinta-se culpado. Assim como você merece a verdade, os outros também a merecem.

Com o tempo, amigos forçados passam a ser falsas amizades. Isso acontece porque os interesses e gostos deles não são mais parecidos com os seus. 

Em alguma curva da vida, vocês escolheram caminhos diferentes e não há nada de errado nisso.

Cada pessoa tem seus próprios interesses e de forma natural, nos aproximamos de pessoas com gostos parecidos com os nossos.

Passo 3 – Quais são os seus interesses?

Nos aproximamos de pessoas parecidas conosco.

Em bons e sinceros relacionamentos, os pontos de interesse se aproximam. Ou seja, é muito mais fácil gostar e se aproximar de pessoas que gostam das mesmas coisas que você.

No entanto, no decorrer de nossas vidas, nós e nossos amigos trocamos de interesses.

Hoje seu esporte favorito pode ser o basquete, mas na adolescência era o automobilismo.

Em meio a essas trocas de interesses, amigos próximos podem se tornar amizades forçadas. Os interesses de vocês dois se afastam, pouco a pouco. Não existem esforços de nenhum dos dois para reforçar a conexão.

Trata-se de um ciclo normal em nossas vidas e que acontece com frequência.

Mas, você não precisa abandonar as amizades que valoriza.

Quero falar sobre isso no próximo tópico…

Passo 4 – Investindo tempo e evitando o afastamento

Quando não se investe tempo e atenção em cultivar e manter amizades antigas, o mais comum é, nos afastarmos por conta de nossas rotinas de correria e trocas de interesses.

Dessa maneira, amigos verdadeiros se tornam amizades forçadas e com um pouco mais de tempo, podem se tornar amigos falsos.

Portanto, se você se importa e valoriza a amizade de alguém, invista tempo e energia nessa relação.

Procure interessar-se de verdade pelos gostos e questões importantes para seu amigo.

Então, coloque em prática a empatia. Do contrário, estará cada vez mais próximo de relações falsas.

Passo 5 – Proteja sua energia da falsidade

Todos nós temos um limite de energia para usar todos os dias, nas diversas situações e tarefas do cotidiano.

Usamos essa energia para trabalhar, cuidar da casa, cuidar de nós mesmos e de nossos relacionamentos.

Relações tóxicas e falsas sugam a nossa energia vital. Tentar identificar, imaginar e se proteger delas nos consome ainda mais.

Então, o melhor que pode fazer é se afastar.

Escolher e aceitar que determinada pessoa não possui espaço em sua vida.

Proteja sua energia e invista em pessoas que merecem seu esforço e atenção.

Como Lidar Com Pessoas Falsas?

Saber como lidar com pessoas falsas é importante para que consiga uma vida mais feliz e tranquila, por confiar apenas em pessoas que merecem sua amizade.

De forma alguma, estou dizendo para que se afaste de todas as pessoas que não confia. Estou dizendo que você pode ou não assumir a responsabilidade por avaliar e escolher melhor suas relações.

Por fim, quero apresentar a você, formas para lidar com pessoas falsas. Bora?

#1. Abrir o Jogo

Não é fácil. Costumamos escolher a fuga ao invés do conflito.

Abrir o jogo é chamar a pessoa para:

  • Criar limites;
  • Definir a relação;
  • Entender interesses e objetivos de cada um;
  • Falar sobre o futuro da amizade.

Entretanto, é bom que esteja ciente, isso pode levar o relacionamento ao fim.

Mas também pode virar o jogo e abrir os olhos dos envolvidos, para a importância de investir e cultivar bons relacionamentos.

Ser sincero e abrir o jogo traz questões ruins a tona, mas esse é o momento de se esforçar para resolver as diferenças.

#2. Dê um Tempo

Após conversar e definir como a amizade será daqui para frente, dê um tempo a você e a pessoa.

Afastar-se por um tempo pode ajudá-lo a:

  • Enxergar novos caminhos para a relação;
  • Acalmar os ânimos;
  • Abrir espaço para a saudade;
  • Avaliar a amizade.

Então, é importante definir um tempo de afastamento e reflexão. Assim, você evita a ansiedade e mudança de postura por se arrepender. 

Contudo, depois de um tempo para pensar, sugiro que volte a falar com a pessoa. Compartilhe o seu ponto de vista e opiniões adquiridas enquanto esteve afastado.

Deixe o outro falar, escute com atenção e mente aberta.

Só então, decida se quer ou não levar esse relacionamento adiante.

#3. Dê alguns passos atrás 

Você pode achar desconfortável abrir o jogo ou se afastar. Dessa forma, pode recorrer a outra opção, menos direta

Dar alguns passos atrás, é limitar o investimento de tempo e energia em um relacionamento.

Portanto, se você não tem certeza se vale ou não a pena investir em uma relação, pode usar essa estratégia.

Não é a minha favorita, já que por não ser direta, pode parecer “joguinho”.

Para dar alguns passos atrás:

  • Envie mensagens em vez de ligar;
  • Dê respostas mais curtas e diretas;
  • Evite passar longos períodos perto da pessoa;
  • Esteja ocupado demais com as suas coisas.

Então, apesar de não usar em minha vida, essa pode ser uma maneira menos dolorosa de descobrir se alguém merece ou não sua amizade.

Isso porque, o mais comum de acontecer nesse caso, é o afastamento natural.

#4. Fim de Papo

Algumas de nossas relações, podem se tornar doentias e tóxicas. Dessa forma, o melhor a fazer é se afastar.

A falsidade, mentiras e fingimento precisam acabar. Não é uma tarefa fácil, no entanto, ao sentir que precisa terminar um relacionamento, o melhor é que o faça.

Quando nos livramos de relações ruins, abrimos espaço para que novas e boas conexões venham até nós.

Algumas vezes precisei lidar com isso e todas foram decisões difíceis, que levaram alguns dias para serem tomadas. Até hoje penso sobre isso. 

Não me sinto culpado. Acredito que, o passado de uma amizade não é o suficiente para sustentar uma relação que se tornou doentia. 

Relacionamentos falsos são um grande engano.

Seja honesta(o) consigo mesma(o), tenha mais tempo para relacionamentos verdadeiros e viva feliz ao lado de amigos verdadeiros.

Enfim, espero que esse artigo, ajude você a construir relacionamentos saudáveis e felizes. Relações que encham você de energia e motivação para conquistar tudo o que deseja.

Muito obrigado pelo seu tempo e atenção.

E você ? Já teve problemas com pessoas falsas? Como faz para afastar a falsidade da sua vida?

Fique Atualizado!

Receba diretamente em seu e-mail, artigos completos de alta qualidade e valor com objetivo de fornecer a você ferramentas e dicas para acelerar sua evolução diariamente.

Sem Spam! Enviamos apenas conteúdo de alta qualidade para impulsionar sua evolução.

Continue sua evolução aqui:

Autoconhecimento: Como Criar O Futuro Que Deseja Viver

Teste De Autoconhecimento: Qual É O Melhor E Como Fazer

Motivação: Um Guia Para Alcançar Seus Objetivos!

Aprenda a Ser Sozinho (a): 16 Maneiras Para Começar Hoje

1 comentário em “Falsidade: como afastar essa energia negativa de sua vida!”

  1. Gostei muito desses artigos sobre falsidade, porque convivo com pessoas assim e procurei entender os motivos disso, porque eu não costumo procurar saber da vida alheia, nem derrubar os outros para conseguir me “sentir feliz” e quando notei isso em pessoas próximas eu achei muito estranho.
    Durante muito tempo fiquei aflita em ver as pessoas se darem bem prejudicando os outros, mas por eu crer em Deus a situação anda se mostrando diferente do que eu pensava antes. Tudo que as pessoas falsas fazem já não parece ser tão proveitoso para elas mais. Deus dá um limite para os maus tratos e dá um limite para a impunidade de quem se diverte perseguindo os outros.
    Agradeço pelas informações! Deus abençoe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *