Autorresponsabilidade: Seu Caminho Para o Sucesso!

Autorresponsabilidade

Autoestima e autorresponsabilidade são duas coisas que andam juntas.

A sua capacidade de responder a determinada situação ou problema, influencia de forma direta em seu nível de autoestima.

É o inicio de tudo quando falamos sobre Desenvolvimento Pessoal. Uma vez que, autorresponsabilidade envolve assumir total responsabilidade por escolhas boas e ruins que acontecem em sua vida.

Basta que repare no modo como nós (seres humanos) lidamos com as nossas questões do dia a dia.

A pressão só aumenta e precisamos literalmente dar um jeito para cumprir todos os compromissos que temos ou que nos são jogados e não podemos recusar.

Nos envolvemos em empregos formais ou informais, cuidamos de nós mesmos, de nossos parceiros (as), nossa família.

Enfim, temos muitas obrigações e a lista não para por aí, se pensarmos sobre pagar contas, manter a casa arrumada e cumprir com todos os compromissos que de nós é esperado, a coisa fica bem mais séria.

Às vezes, me pego pensando:

  • “Quem consegue ter tempo livre?”
  • “Quem ainda consegue ter tempo para hobbies e diversão?”
  • “Quem consegue pensar e escolher em meio ao caos e correria?”

Em meio a essa confusão de compromissos e por acreditar que estamos fazendo o que devemos fazer, raramente pensamos sobre nossa rotina, compromissos e escolhas. 

O mais comum é reagirmos de maneira instintiva a tudo o que acontece em nossas vidas, chegando assim ao que chamamos de piloto automático.

Passamos a aceitar que precisamos cumprir coisas e compromissos só porque somos responsáveis e não porque escolhemos e/ou queremos.

No entanto, se desejamos desenvolver um nível saudável de autoestima, aproveitar a vida e conquistar nossos objetivos.

Precisamos assumir a responsabilidade por nossas escolhas, comportamentos e felicidade.

No decorrer desse artigo, abordaremos os seguintes assuntos:

  1. O Que é Autorresponsabilidade?;
  2. Autorresponsabilidade e o Poder de Escolha;
  3. Autorresponsabilidade Não é Ser um X-MEN;
  4. Como Desenvolver a Autorresponsabilidade?;
  5. Autorresponsabilidade: 7 Habilidades Para Desenvolver.

Autorresponsabilidade é assumir o controle de sua vida e veremos a seguir como desenvolve-la, pega um café ou uma água e vem comigo…

O Que é Autorresponsabilidade?

No entanto, autorresponsabilidade não é apenas dar conta de milhares de atividades e também não se trata de somente escolher o que se quer.

O conceito é simples, mas a prática é bem mais complexa do que parece.

É preciso dar conta dos compromissos que escolhe e assume com você e com os outros todos os dias.

Sem desculpas e sem transferir a culpa para ninguém.

Agir de acordo com seus objetivos, assumindo a responsabilidade por suas decisões, prioridades e ações.

Pensar por si mesmo, escolhendo seus valores, fora dos padrões que são impostos pela mídia, família e sociedade que vivemos. 

Ser responsável por sua vida e escolhas é honrar o seu propósito de vida e integridade.

É ser capaz de aceitar quem você é e aos poucos adquirir confiança sobre suas decisões e comportamentos.

No entanto, exige esforço, reflexão e decisões complicadas. 

Sendo assim, somos facilmente convencidos de que desenvolver autorresponsabilidade é algo impossível de ser realizado.

O sentimento de insatisfação e impotência se torna tão grande que precisamos encontrar um culpado ou uma solução milagrosa.

Passamos a culpar os outros ou a esperar que alguém conserte tudo para nós.

Agindo dessa maneira, acabamos com nossa autoestima, já que comunicamos a nós mesmos a incapacidade de assumir a responsabilidade e lidar com nossas próprias escolhas e problemas.

Autorresponsabilidade e o Poder de Escolha

Autorresponsabilidade e o Poder de Escolha

Já falamos que ser responsável é definir e agir de maneira intencional para alcançar metas e objetivos.

Ou seja, é necessário abandonar o vitimismo e parar de esperar que alguém nos resgate e resolva tudo para nós.

Portanto, ao se deparar com a possibilidade de escolha é preciso refletir sobre:

  • Quais possibilidades de ação tenho diante dessa situação e/ou problema?
  • O que posso fazer?

Por exemplo, digamos que eu esteja desenvolvendo um projeto pessoal (um site, uma loja, um serviço). 

Em um determinado estágio travei, estou sem criatividade e há mais de 2 dias não consigo avançar para nenhum lado. 

AGORA PARE… é aqui o ponto! O maior benefício da autorresponsabilidade acontece nesse momento.

Momento de escolher culpar a sua esposa ou marido, os seus filhos por não deixarem você trabalhar, a economia que não permite que você tenha um computador melhor… enfim, as desculpas podem ser muitas.

No entanto, você também pode assumir que está com dificuldades e colocar as 2 questões apresentadas acima:

  • Quais possibilidades de ação tenho para destravar meu projeto pessoal?

Primeiramente, quero dizer que aqui são muitas as possíveis soluções. Você pode pesquisar, estudar, pedir ajuda a alguém, analisar modelos de negócios semelhantes. 

Em segundo lugar, quando escolhe aprender e continuar avançando com os seus próprios esforços, encarando e vencendo dificuldades, pode não ser fácil, mas você compreendeu o que é autorresponsabilidade!

  • O que posso fazer para continuar com o meu projeto ?

  1. Posso fazer outra parte do projeto enquanto penso e pesquiso a solução. 
  2. Focar exclusivamente em resolver esse problema pois é algo fundamental para o andamento do resto. 
  3. Em último caso, posso entender que o desafio está me tomando um tempo precioso e posso pedir a ajuda de alguém.

No entanto, em qualquer um dos casos, estou assumindo a responsabilidade de lidar e resolver um imprevisto em meio ao caminho que escolhi trilhar.

Autorresponsabilidade Não é Ser um X-MEN 

Autorresponsabilidade Não é Ser um X-MEN

Em alguns casos, surgem problemas que não somos capazes de lidar, muito porque não dependem exclusivamente de nós. O mais sensato a se fazer é avaliar e agir sobre a parte que temos controle, ignorando todo o restante.

Assumir coisas como:

  • “É minha responsabilidade acabar com a fome no mundo”.

Ou quem sabe:

  • “É minha responsabilidade que todas as crianças do mundo tenham acesso a educação de qualidade”

É ser injusto e irresponsável consigo mesmo.

Focar nos problemas dos outros ou em problemas que são muito maiores do que seu círculo de atuação (Acabar com a fome do mundo) pode ser um escape.

Uma maneira de evitar lidar com seus próprios problemas. 

Assumir a responsabilidade é entender que cada um é responsável pela sua própria existência e caminho.

É reconhecer a importância de sua individualidade e de respeitar a individualidade do outro. 

As pessoas não vivem para atender nossas necessidades e não temos direito de usá-las como meios para atingir nossos objetivos.

O contrário também é verdade, você não é responsável por resolver problemas dos outros ou questões maiores do que seu círculo de ação. 

Como Desenvolver a Autorresponsabilidade?

Como Desenvolver Autorresponsabilidade?

Somos mais responsáveis em algumas áreas de nossas vidas.

Isso tem ligação com o que valorizamos mais no momento, mesmo que seja algo que venha do nosso subconsciente.

Vamos supor que você valoriza tanto os momentos em família, que acaba chegando todos os dias atrasado no trabalho para levar seus filhos à escola.

Dessa maneira, tomar conhecimento e levar a sério dúvidas e problemas é desenvolver autorresponsabilidade.

Para isso é possível avaliar a situação através de 2 perspectivas:

  1. Ser Responsável nessa situação para mim é ?

Você sabe a resposta certa. Sabe que se continuar a fazer isso,  pode ser mandado embora e prejudicar a qualidade de pai que é.

Ou seja, estar desempregado pode deixa-lo estressado e ansioso. Como consequência, você pode acabar descontando nas pessoas que mais ama.

No entanto, ao pensar várias vezes no dia de forma consciente, sobre problemas e questões que têm que lidar e resolver. Estará treinando sua autorresponsabilidade.

  1. Durante 1 mês, comece cada dia escrevendo de 6 a 10 finais para cada uma das frases:

  • Se eu for 0,1% mais responsável em meu trabalho, irei…
  • Se eu for 0,1% mais responsável em meus relacionamentos, irei…
  • Ao aceitar a responsabilidade por minha própria felicidade, irei…

Dessa maneira, você estará estimulando a mente para que faça novas conexões. Buscando novas soluções e possibilidades.

Sendo assim, é natural que aos poucos cresça em você uma abordagem mais responsável sobre sua vida e sobre o mundo.

Autorresponsabilidade: 7 Habilidades Para Desenvolver

7 habilidades para ser autorresponsável

#1. Assuma a Responsabilidade

Assumir a responsabilidade é lidar da melhor maneira possível com problemas e situações desfavoráveis que acontecem no dia a dia.

Dessa maneira, você passar a colocar foco no que PODE fazer para resolver ou contornar determinada situação.

Sendo assim, recomendo que experimente trocar a abordagem de “Eu não consigo / Não posso” para “O que eu posso fazer que depende somente de mim?”

#2. Preocupe-se com Você!

É bem simples, estamos falando sobre olhar para você como a pessoa mais importante para que tudo funcione bem.

Sem assumir a responsabilidade por sua saúde física e mental, está correndo o risco de que seus sonhos fiquem pelo caminho por falta de vigor e ânimo.

#3. Seja Congruente

Trata-se basicamente de alinhar o seu discurso com a prática. Comprometer-se e cumprir o compromisso.

Manter um discurso afastado da prática afeta a sua autoestima e confiança, uma vez que apesar de expressar autorresponsabilidade em sua fala, sente-se frustrado e estranho por não colocá-la em prática.

#4. Seja Honesto Consigo Mesmo

Ao se deparar com problemas e dificuldades, seja sincero consigo mesmo.

  • Você está assumindo a responsabilidade para resolvê-los? 
  • Existe algo mais que possa fazer sobre isso ?

Conforme falamos anteriormente, tome cuidado para não assumir responsabilidades maiores do que sua capacidade de atuação ou que não sejam responsabilidade sua.

#5. Tenha Coragem de Ser Imperfeito

Eu realmente sofro com isso. Tenho uma tendência a me cobrar demais e isso por vezes afeta minha confiança e autoestima.

Dois conceitos me ajudam a deixar um pouco de lado a cobrança pessoal:

  • Erros são parte do processo;
  • Princípio de Pareto (80% dos nossos resultados são provenientes de 20% de nossos esforços.)

Pensar nesses 2 conceitos juntos liberta a mente de pensar que SEMPRE precisamos ser os melhores em tudo ou acabamos por abrir mão de nossos objetivos.

Preste atenção no caminho e seus aprendizados, não coloque seu foco apenas nos resultados.

#6. Aceite Suas Limitações e Desenvolva-se

Assumir a responsabilidade por sua vida e escolhas já não é uma tarefa fácil, quando surgem problemas e dificuldades com as quais não sabe lidar ou nunca viu, a vontade de desistir aumenta.

No entanto, no decorrer de sua caminhada de vida, vai perceber que quanto mais aprende, mais sabe que não sabe. Meio confuso né?

Vamos ao exemplo: Quero abrir um restaurante. No entanto, não sei nada sobre restaurantes e começo a pesquisar.

Aprendo o básico sobre a rotina e habilidades que preciso para gerir um restaurante e estou muito feliz com isso.

Porém, ao aprender o básico, descubro que também precisarei me desenvolver em mais 2 habilidades (Atendimento ao público e Contabilidade) para gerir com qualidade meu negócio.

Percebe como faz sentido a ideia de que quanto mais se sabe, MAIS SE PERCEBE QUE NÃO SABE?

#7. Desenvolva o Hábito

Por último, mas não menos importante, transforme a autorresponsabilidade em um hábito.

No início, provavelmente terá de fazer muito esforço para sair do modo padrão de pensamento e não colocar a culpa nos outros.

Porém, com o tempo, se torna algo tão natural que lidar com problemas e desvios já não são mais grandes problemas.

E mesmo que enfrente dificuldades, você conhece sua capacidade de se adaptar e assumir a responsabilidade de arrumar coisas e situações que não vão bem, mesmo que você não tenha sido o criador dessas dificuldades.

Autorresponsabilidade é assumir que você é responsável por todos os aspectos de sua vida.

Você é responsável por suas escolhas, direções, objetivos, forma como pensa e se sente. 

Assumir a responsabilidade é desafiador, no entanto, vale cada segundo e desconforto para se tornar o capitão de sua alma e dono de seu destino.

Como tem sido a sua experiência com autorresponsabilidade? Tem de fato escolhido e encarado os problemas e desvios em seu caminho? Sabe para onde quer ir e como pretende chegar?

Quero muito aprender com você e suas experiências, fique à vontade para colocar as suas ideias e enriquecer o debate de nossa comunidade.

Obrigado pelo seu tempo e atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *