Aprenda a Ser Sozinho (a): 16 Maneiras Para Começar Hoje

Aprenda a ser sozinho(a) e desbloqueie o grande e principal segredo do desenvolvimento pessoal: o autoconhecimento

E gostaria de iniciar esse artigo dizendo que, eu particularmente gosto muito de passar um tempo sozinho, mesmo em momentos em que estou mais tranquilo ou curtindo os meus hobbies.

No entanto, meus amigos sempre me perguntam a mesma coisa: Kako, você não iria se divertir mais se estivesse acompanhado? E a resposta é: DEPENDE.

Ser sozinho(a) não significa ser triste. E também não significa ficar longe das pessoas que você ama. 

Aprenda a ser sozinho(a) apenas se você quiser ter seu espaço pessoal (e mental) respeitado. Pare de deixar seu coração na mão dos outros (você, sem querer, pode fazer isso).

Dessa maneira, fiquei realmente empolgado em escrever sobre aprender a ser sozinho (a). 

Um pouco por causa das várias vezes que fui questionado se não estaria melhor acompanhado e outro pouco por conta do mar de autoconhecimento em que mergulhei quando comecei a passar mais tempo comigo mesmo.

Se você já gosta de passar um tempo sozinho(a), porém se sente mal por conta do julgamento dos outros ou se você gostaria de passar um tempo consigo mesmo e tem dificuldade, esse artigo é para você.

No entanto, se você não se encaixa em nenhum dos dois grupos acima, ainda assim posso dizer: Aprenda a ser sozinho(a) e vai mudar completamente seu modo de ver o mundo. 

Trataremos nesse artigo sobre:

Mas isso é assunto demais para uma introdução, então vamos ao que interessa?

Aprenda a Ser Sozinho (a) do Seu Próprio Jeito

Aprenda a ser sozinho do seu jeito

Confesso para você que vira e mexe, a pressão fica forte por conta desse meu gostar de passar tempo sozinho. Já cheguei a acreditar que algo estava errado comigo, já que vejo a maioria das pessoas à minha volta com grandes dificuldades.

E se fosse apenas nos momentos de diversão, no entanto comecei a reparar que mesmo para outras questões como trabalho e até mesmo estudo, as pessoas realmente não gostam de ficar sozinhas. 

Na verdade, nós humanos, somos seres sociáveis e criados para viver em grupos. E sim, nós temos MUITO medo de ficar sozinhos, seja por um tempo ou como um destino.

Me considero uma pessoa introvertida, apesar de já ter escutado que sou reservado e não introvertido. De acordo com algumas estatísticas, existe 50% de chance que você também seja.

Aprender a ser sozinho(a) e utilizar bem esse tempo, pode realmente virar a sua vida de uma forma incrível. 

Foi exatamente o que aconteceu comigo, foi sozinho que comecei a pensar melhor sobre quem sou, o que sinto e o que desejo realizar. Enfim, resumindo a missa, foi sozinho que encontrei o meu propósito de vida.

E não me entenda mal, não é que eu não goste de sair e socializar. Significa apenas que não é onde encontro o maior valor para a minha vida. 

Talvez você seja uma pessoa extrovertida e pense que esse artigo não pode ajudá-la, mas a verdade é que, caso aprenda a ser sozinho(a), além de se divertir em grupo pode utilizar de forma produtiva o seu tempo e descobrir que também é possível se divertir sozinho(a).

Dessa maneira, aprenda a ser sozinho(a) e no mínimo terá descoberto uma habilidade de vida muito útil.

Solitude x Solidão

Solitude x Solidão
Solitude e Solidão são conceitos bem diferentes.

Embora se confundam, solitude e solidão são conceitos completamente diferentes.

Digamos que você gosta muito de passar tempo só, mas não é uma pessoa antissocial e sem amigos.

Ou seja, por escolha própria, está bastante satisfeito em passar tempo consigo mesmo. Chega a sentir uma certa ansiedade por esse momento.

Isso é o que chamamos de SOLITUDE, ou seja, ESCOLHER passar tempo sozinho(a) e investir bem esse tempo em cuidar de você. Sendo assim, aprenda a ser sozinho(a) e estará em busca de usar os momentos em que está só em prol de evoluir.

Por outro lado, vamos imaginar que você esteja rodeado de amigos, porém todos eles em um nível bem superficial, o que faz com que você se sinta solitário e vazio.

Ou talvez, passar um tempo sozinho(a), deixe você com o sentimento de saudade extrema e tristeza

Isso é o que chamamos de SOLIDÃO.

Antes de mais nada, o mais importante é entender que momentos de solitude não são a mesma coisa que momentos de solidão. E você pode estar se perguntando:

Kako, mas é possível que eu tenha os dois sentimentos juntos?

E a resposta que darei é com base na minha vida. Sim, é possível. Mas isso não quer dizer que os dois andem sempre juntos.

É Saudável Estar Sozinho (a)? 

É Saudável Estar Sozinho (a)?

Primeiramente, precisamos fazer uso de um velho clichê e dizer que:

Antes de mais nada, é preciso encontrar um equilíbrio entre os dois extremos, como tudo nessa vida.

Passar um tempo de qualidade consigo mesmo ajuda a aprimorar seu autoconhecimento, desenvolvimento psicológico e sua experiência de vida.

Pode ser um excelente tempo para se organizar, iniciar um plano de desenvolvimento e até mesmo trabalhar em um projeto pessoal.

Por outro lado, passar muito tempo sozinho(a) pode impactar negativamente sua saúde, gerando assim pensamentos negativos, tristeza, ansiedade e em alguns casos depressão.

E depressão não é brincadeira. Sinceramente não me considero capacitado para dizer como lidar com ela. 

Passei por isso e tive as minhas maneiras de lidar e no máximo poderia compartilhar as minhas experiências, mas se esse for o seu caso, recomendo que busque ajuda profissional o mais breve possível.

Aprenda a Ser Sozinho (a): O Perigo de Depender do Outro

Aprenda a Ser Sozinho: O Perigo de Depender do Outro

Ser sozinho(a) significa ter seu espaço.

É interessante que a grande maioria das pessoas simplesmente vive uma vida (que não gosta) para agradar pessoas que muitas vezes sequer gostam delas. 

No entanto, o pior de tudo é pensar que vivemos desperdiçando vários momentos de nossa vida por não sabermos quem, realmente, somos. 

E isto pode parecer doloroso, por isso vou explicar com calma, mas aprenda a ser sozinho(a) e você não precisará mais derramar lágrimas.

Na verdade, a pessoa mais sociável pode ser sozinha.

Basta entender o conceito de solitude, conforme falamos anteriormente. Ou seja, momentos de introspecção e busca da sua própria verdade.

Isso significa que você é verdadeiro e gosta de você mesmo. 

Portanto, aprenda a ser sozinho(a) para entender que, lá dentro do seu ser, existe uma pessoa que talvez você não conheça. Uma criança.

Se você se incomoda quando te acham infantil, então talvez você aprenda a ser sozinho(a) com maior dificuldade. 

A verdade é que existe uma criança dentro de todos nós, mas alguns simplesmente negam e querem viver a vida como se fossem “adultos” sempre. No entanto, todos somos crianças. 

Não por sermos infantis, nem por padrões que são criados enquanto crescemos. Isso se dá por conta de nosso constante crescimento pessoal.

Não aceitar sua criança interior pode criar um sentimento de vazio.

Aprenda a ser sozinho(a) para ter esse sentimento de vazio ocupado por um verdadeiro mar de autoconhecimento e novas formas de se expressar. 

Se você não faz isso e se importa com o julgamento dos outros sobre você, então você pode estar em um perigo iminente. 

A sua criança interior quer apenas brincar. E ela é bem criteriosa quanto a com quem, quanto, como, onde e do quê ela vai brincar.

Você é tão criterioso assim com a sua vida?

Ou será que você apenas vive a vida baseada em curtidas?

Você tem a coragem de sair de lugares que não gosta, abandonar empregos medíocres e encher o peito de orgulho por viver uma vida feliz?

Aprenda a ser sozinho(a) e entenda que você não precisa se envenenar com a opinião dos outros. 

Aprenda a ser sozinho(a) para perceber que a sua vida está aí dentro de você, basta você dar tempo para que você se conheça.

Eu te convido a ser sozinho(a).

Não a abandonar seus amigos (repito), mas a ter respeito por todos eles e a se tornar a melhor versão que você pode ser. 

Eu te convido a evoluir, crescer e deixar de chorar porque seu namorado ou namorada foi embora. 

Convido você a sorrir independente das pessoas ao seu redor (se muitas ou poucas). 

Eu te convido a expor suas dores e deixar elas próprias curarem suas feridas.

Uma dor que não se sente é uma dor que para sempre sente.

Por Quê Você Não Gosta de Ficar Sozinho (a)?

Por Quê Você Não Gosta de Ficar Sozinho (a)?

Primeiramente, fiquei chocado quando comecei a perceber e pesquisar sobre a dificuldade que temos em ficar sozinhos. Para alguns, o medo de ficar um tempo sozinho é apavorante.

A sensação de tédio, isolamento ou até mesmo de ter que enfrentar os próprios pensamentos e sentimentos são algumas das razões pelas quais não gostamos de ficar sozinhos.

Note que aqui estamos falando de estar sozinho(a) no sentido de solidão. Um sentimento alimentado por traumas, perdas, falta de autoestima e insegurança.

O tipo de personalidade também pode influenciar.

Pessoas introvertidas, em sua maioria, sentem que perdem energia em situações sociais desagradáveis e por isso, gostam mais de passar um tempo só. (Meu caso)

Por outro lado, pessoas extrovertidas sentem o contrário, elas recarregam energia quando estão em companhia de outras pessoas.

Os motivos para não gostar de ficar sozinho(a) são muitos, no entanto o mais importante é que invista tempo conhecendo os seus motivos e como isso o ajuda ou atrapalha.

Por isso recomendo que aprenda a ser sozinho(a) e invista em seu autoconhecimento.

Considere as causas básicas

Já vimos que momentos de solitude são importantes para nossa clareza mental e autodesenvolvimento

No entanto, quero propor que experimente dedicar 15 minutos para começar a se acostumar a ficar sozinho(a) e investir seu tempo de forma produtiva.

Responda a si mesmo:

  • De onde vem o meu desconforto com a solidão?
  • O que sinto é solidão ou outra coisa?
  • Em caso de solidão, ela está relacionada a uma experiência ou memória desagradável?

Compreender de fato se o que sente é solidão e o real motivo dela, ajuda você a romper a barreira do medo e ansiedade e vai por mim, você vai AMAR passar mais tempo consigo mesmo.

Você Está Escondendo Suas Dores?

Não minta para si.

Não precisa responder para mim. Suas dores são suas e somente suas. Apenas você as vai sentir e apenas você as pode curar. 

Portanto, aprenda a ser sozinho(a) para mergulhar dentro das suas dores e senti-las no máximo que elas possam doer. É somente aí que você poderá aprender com elas. Caso contrário, elas continuarão a doer sem fim até que você as entenda e aceite.

Nenhuma dor vem sem motivo.

Se você tiver uma mentalidade de crescimento, poderá chegar ao nível de entender e respeitar o contexto em que você vive e absorver toda a dor que existe dentro do seu ser. Sei que dói, mas garanto que irá passar.

E como identificar uma dor oculta?

Basta procurar pontos de insatisfação. Pense no seu trabalho, relacionamento, faculdade ou qualquer outra situação em que você não se sinta totalmente confortável.

A pior dor é aquela que já nem sentimos mais (por estarmos acostumados com ela). É comum acontecer isso em relacionamentos, nos quais mesmo insatisfeitos, continuamos neles.

Pelo simples medo de ficarmos sozinhos.

Ou seja, por não termos aprendido a ser sozinhos e sim a pensar que aquilo é tudo que existe. Um relacionamento apodrece quando os parceiros andam juntos e, com o tempo, acabam indo para direções diferentes sem nem perceber. 

Mas como disse anteriormente, nos acostumamos com a dor

A Gente Se Acostuma - Vídeo Motivacional
Watch this video on YouTube.

Aprenda a ser sozinho(a) para ter seus momentos de reflexão e melhorar sua relação (porque, se você não analisar sozinha(o), então seu julgamento estará sempre manipulado).

Não manipulamos por mal.

Mas não percebemos a mudança acontecer. Aprenda a ser sozinho(a) somente se quiser que suas transformações e mudanças de humor aconteçam com sua observação. 

Sem que você fique se perguntando o porquê, mas somente entendendo que aconteceu tudo que tinha que acontecer. E essa é a vida. Mas quando a vida é de casal, também é preciso aprender com o outro ao lado.

Sendo assim, você pode ser sozinho(a) mesmo estando a dois!

Aprenda a Ser Sozinho (a) Mesmo Com o Outro ao Lado

Quem disse que, juntos, não podemos ser sozinhos? (No bom sentido).
Quem disse que, juntos, não podemos ser sozinhos? (No bom sentido).

Cumplicidade e diálogo.

Palavras que servem de alicerce para a construção de um bom relacionamento. 

Aprenda a ser sozinho(a) num relacionamento e descubra que estas palavras geram duas pessoas sozinhas que se misturam e aprendem juntas. 

Não são somente um casal, mas dois indivíduos que amplificam suas identidades quando estão juntos.

Funciona assim: ambos SÃO sozinhos.

Dessa forma, quando você tem a sua identidade e mistura com a identidade de outra pessoa, muitas vezes acaba perdendo quem você era lá dentro.

E o que se pode fazer a respeito disso? 

O primeiro passo é viver a sua vida. Aprender a ser sozinho(a) significa que você pode gostar de Zumba enquanto seu parceiro pode adorar jogar playstation com os amigos. 

E tá tudo bem, vocês não precisam (nem devem) fazer tudo juntos. Vocês continuam sendo pessoas individuais.

Mas muitos casais acabam se confundindo e juntando tudo. É aí que começa a bagunça. 

Como você vai aprender a viver sozinho(a) se tudo que gosta de fazer, deixou de lado para fazer o que seu parceiro(a) gosta? 

Deixou de ir ao churrasco porque sua parceira é vegana? Deixou de dançar porque seu parceiro tem ciúmes? Não é tão simples desistir da própria liberdade para viver a vida do outro. 

E sabe o que é mais bizarro? Se você fizer tudo que o outro “quer”, o outro deixará de querer você.

É tudo uma questão de manter a sua individualidade. Sem ela, todos os seus relacionamentos interpessoais serão um fiasco. 

Antes de mais nada, pergunto e peço a você que reflita: você já chegou a conhecer tanto alguém e em cada detalhe que, de repente, perdeu o interesse

Isso mesmo, de forma consciente, e mesmo “amando” conhecer tudo sobre o outro. Entendendo como o outro age ou reage.

Para ser sozinho(a) com o outro, você precisa de diálogo. De sinceridade. De conversas. Não importam suas vontades e não importam os seus desgostos. 

É importante conversar e explicar, explorar as várias faces do relacionamento contribui para que aprenda a ser sozinho(a). Se o casal tem liberdade para falar, então ele tem liberdade para crescer (como dois indivíduos).

Imagine o exemplo de um dos parceiros que quer sair sozinho (a).

Vamos imaginar uma mulher que quer ir a uma festa com as amigas e sem o namorado. No entanto, ela precisa admitir esse sentimento enquanto ele precisa entender a intenção dela

E não estamos falando sobre sair com outras pessoas, é sobre o que cada um sente. Aprenda a ser sozinho(a) para descobrir como respeitar os desejos e vontades dos outros, mesmo que sejam simples desejos.

Às vezes, as pessoas só querem respirar.

Mas colocamos julgamentos em cima. “Mulher comprometida não sai sem o namorado”

Além de se tratar de uma grande besteira machista, você coloca esse pensamento na cabeça e, de repente, acaba se tornando refém dele. 

Não é a quantidade de correntes que você coloca numa pessoa que aumenta a chance dela continuar com você, mas sim a quantidade de cadeados que você quebra que a fará estar ao seu lado.

Aprenda a ser sozinha(o) respeitando o outro.

Como disse anteriormente, todos somos crianças, todos temos desejos que vem do nada e são sem explicação. 

Se você anular esses desejos porque não quer aborrecer o outro, acabará deixando o outro sozinho (e ainda colocará a culpa nele(a)).

Sendo assim, não tente anular os desejos do outro.

Ser Sozinho é Ser Liberto

E não significa precisar andar na natureza, mas até que é uma boa prática.
E não significa precisar andar na natureza, mas até que é uma boa prática.

É viver plenamente!

Aprenda a ser sozinho(a) para ter sua identidade respeitada e entender quais são seus reais objetivos pessoais e profissionais. 

Se você não gosta da atitude de alguém e ao mesmo tempo depende da aprovação dessa pessoa, isso pode acabar te deixando insatisfeito.

E você pode ser político e respeitar suas vontades ao mesmo tempo.

Mesmo que seja seu chefe no trabalho, você ainda pode ter a sinceridade de abrir a relação e explicar o que te incomoda, gerando crescimento para ambos. 

Mas, se ficar calado, então você será anulado. É uma simples questão de aprender a ser sozinho(a) para aprender a viver em grupo.

Mas você já vive em grupo, certo?

Faz as mesmas coisas, com as mesmas pessoas, nos mesmos dias, da mesma forma e na mesma intensidade. 

Como seria a sua viagem dos sonhos?

Já pensou em viajar sozinho(a) e ter total poder de escolha?

Aprenda a ser sozinho(a) e descobrirá qual é o seu real roteiro. Mas não roteiro de viagem e sim roteiro de vida

Aprenda a ser sozinho(a) exatamente agora. Desligue o Whatsapp e até o próprio celular e vá de encontro à natureza.

Ou ao seu quarto sozinho(a). No escuro. Com tempo para refletir e curtir um momento de introspecção. Você pode aprender a ser sozinho(a) desde que se esforce um pouco para isso. 

Aprenda a Ser Sozinho (a) e Coisas Incríveis Acontecerão!

Aprenda a ser sozinho (a) e coisas incríveis acontecerão!

Já falamos sobre alguns benefícios de passar um tempo consigo mesmo, porém vivemos em um mundo que, cada dia mais somos cobrados a interagir com outras pessoas o tempo todo. 

Temos a “obrigação” de ficar 24 horas por dia conectados respondendo e-mails, whatsapp e notificações de forma imediata. Como resultado de toda essa conexão, mal temos tempo para nos dedicarmos a nós mesmos.

A importância de ter um tempo para si é GIGANTE e por isso quero dar mais alguns motivos para que você se esforce e aprenda a ser sozinho(a).

#1. Aprenda a Ser Sozinho (a) e Recarregue as Energias

Em nosso dia a dia maluco, cada pequena decisão e interação faz com você perca energia. Não é incomum e nem uma exceção, chegar ao fim do dia esgotado(a).

Ou seja, dedicar um tempo para ficar sozinho(a), em paz e silêncio é essencial para recarregar as energias.

#2. Você Pode Fazer o Que Quiser

O tempo todo somos influenciados pelas pessoas à nossa volta. Muitas vezes deixamos de fazer coisas que gostamos para priorizar estar com pessoas que amamos. E isso realmente é um ótimo motivo.

No entanto, caso aprenda a ser sozinho(a), pode dedicar esse tempo para fazer qualquer coisa que queira. 

Tá afim de ver aquela série que só você gosta? Manda ver… E aquela coleção de quadrinhos toda desorganizada há mais de 2 anos? Pegue ela e organize.

As possibilidades são infinitas.

#3. Aprenda a Ser Sozinho (a) e Confiar Em Si Mesmo

Passar um tempo de qualidade sozinho(a) aumenta sua capacidade de confiar em seu instinto e ideias sem nenhuma pressão ou influência externa, o que por sua vez, fornece clareza sobre quem você é e o que deseja realizar.

Aprenda a ser sozinho(a) e passará a confiar muito mais em si mesmo. Por mais que não perceba, quando está rodeado de outras pessoas, você fica travado com medo do julgamento. 

O que normalmente acontece é que o medo do julgamento bloqueia sua naturalidade. Você passa a tentar se adequar ao externo. Isso consequentemente afeta sua autoconfiança. Ou seja, temos realmente um bom motivo para que aprenda a ser sozinho(a).

#4. Aumenta a Sua Inteligência Emocional

Aumentar sua inteligência emocional está diretamente ligado a sua capacidade de pensar e refletir sobre as suas emoções e o modo como reage às várias pessoas com quem convive e situações que vivencia.

Portanto, a capacidade de refletir e escolher como reagir às mais diversas experiências é o que chamamos de autoconsciência.

Sendo assim, é preciso autorreflexão para aumentar sua inteligência emocional e a autorreflexão acontece melhor quando você está sozinho(a).

#5. Aumenta a Sua Autoestima

Ao investir em autoconhecimento, você conhece quem é em essência. Ao conhecer o que é descobre o que quer realizar e quais objetivos deseja alcançar.

Ou seja, o senso de direção e propósito promove sua autoconfiança e autoestima. 

Conhecer quem você é, suas qualidades e objetivos dá a você aquela maravilhosa sensação de saber o que está fazendo, sabe do que estou falando?

#6. Aprenda a Ser sozinho (a) e Faça Mais

Quando você se envolve sozinho(a) em qualquer atividade é claro que vai SOFRER mais para aprender e conseguir enfim desenrolar dificuldades e problemas.

No entanto, você precisa levar em consideração que ao se envolver de maneira individual em qualquer atividade, você APRENDERÁ muito mais. Na verdade você acaba se envolvendo em todas as atividades, já que não tem mais ninguém para ajudá-lo.

O que por sua vez, fará com que você aprenda novas habilidades para romper as barreiras que com o tempo aparecerão.

Aprenda a Ser Sozinho (a) na Prática

Aprenda a ser sozinho (a) na prática

#1. Acredite Em Você

Aprenda a ser sozinho(a) e entenda que você é bom o suficiente. 

Sendo assim, quando estiver sozinho(a), lembre-se que trata-se de uma escolha. Esse seu momento fará com que estabeleça padrões elevados para relacionamentos.

Sabe aquela famosa frase: “Antes só do que mal acompanhado” ? É disso que estou falando!

#2. Escute os Outros, Mas Valorize Sua Opinião

Tomar decisões individuais fará com que cada dia melhore a sua autorresponsabilidade. Dessa maneira, quando você passa a escolher, consequentemente passa a confiar mais em suas escolhas.

O que por sua vez, aumenta a sua autoestima e autoconfiança. Você realmente se torna imparável.

#3. Desenvolva Sua Autoconsciência

Primeiramente, VOCÊ é responsável por gerenciar suas emoções de maneira que consiga ser livre das opiniões e julgamentos que vem de fora.

Portanto, invista em autoconhecimento, descubra como você pensa, funciona e reage às mais diversas situações.

Comece a agir em prol de seus objetivos.

#4. Aprecie o Silêncio

Aqui não tem muito segredo!

No entanto, preciso dizer que isso vai favorecer o seu autoconhecimento e autoconsciência. 

Por isso, reserve alguns dias na semana ou quem sabe alguns minutos por dia e PARE. Curta o silêncio e aprenda mais sobre você.

#5. Seja o Seu Melhor Amigo

O modo como utiliza sua conversa interior afeta sua confiança, autoestima e capacidade de agir.

Sendo assim, quando você repetidas vezes diz que não é capaz ou não pode realizar algo, você realmente passa a acreditar que isso é verdade.

Vamos ser sinceros? Isso é negativismo.

Da mesma maneira que se afasta de pessoas negativas, cuide para que sua conversa interior não seja algo limitante.

#6. Saia Para um Passeio Sozinho(a)

Talvez você curta ir para o meio da natureza ou quem sabe dar uma volta pela cidade. O mais importante é que se permita curtir a própria companhia.

Dessa maneira, observe o mundo ao redor, as pessoas sorrindo, os pássaros.

Observar o mundo ao redor em uma perspectiva solo é um excelente exercício de autoconhecimento.

#7. Tenha um Diário de Gratidão

Dedique tempo para escrever as coisas pelas quais é grato. 

Em meio aos dias malucos que vivemos, focamos somente nas coisas ruins que acontecem e fica fácil não valorizar o que nos acontece de positivo.

Dessa maneira, faça uma lista (no papel ou digital) e coloque as coisas pelas quais você é grato(a). Quando estiver sozinho(a), pegue sua lista e relembre suas conquistas.

#8. Aproveite o Seu Tempo Sozinho (a)

Iniciar aquele projeto pessoal que está adiando a meses, resgatar hobbies antigos, arrumar alguma coleção que você tenha, preparar aquela refeição de respeito são ótimas ideias de como pode aproveitar seu tempo só.

Portanto, aprenda a ser sozinho(a) e invista tempo em melhorar quem você é e como se sente em relação ao mundo e as pessoas.

#9. Defina os Seus Planos e Comece a Agir

Você já deve ter lido e escutado várias vezes que não deve deixar os seus planos de lado, certo?

Sendo assim, Utilize o tempo sozinho(a) para definir seus objetivos e metas e comece a persegui-los.

Ao aprender a ser sozinho(a) e utilizar seu tempo para planejar e agir você ganha autoconfiança, já que está vivendo de acordo com sua visão pessoal

Como consequência, transmite confiança aos que estão ao seu lado (família, cônjuge, pessoas novas e interessantes)

#10. Trabalhe Em Ser 0,0001% Todos os Dias

Comece a fazer as coisas que gosta e como consequência descobrirá que possui habilidades que precisa melhorar.

Defina um plano de desenvolvimento pessoal e aproveite o tempo sozinho(a) para trabalhar em autoaperfeiçoamento.

#11. Evite Se Comparar Aos Outros

Pare de ficar olhando e comparando a sua vida com a dos outros. Nos tempos que vivemos (redes sociais), isso é ainda mais tentador.

Perceba que não é a quantidade de amigos, corações ou likes que importa e sim o que funciona para você.

Você não tem como saber se uma pessoa sorridente e cheia de amigos no facebook é realmente feliz. Portanto, trabalhe em você, seja melhor todos os dias e evite se comparar aos outros.

#12. Aproveite Para Criar

Use esse tempo para fazer uma das coisas mais importantes para você e para os outros. 

Utilize sua criatividade e capacidade de produzir para pensar sobre problemas, construir soluções e pôr em prática seus projetos pessoais.

Aprenda a ser sozinho(a) e a única pessoa que poderá impedi-lo de criar, será você mesmo. Quando se está sozinho (a), a maioria das desculpas externas somem, então aproveite bem esse tempo.

#13. Permita-se Errar e Assumir os Erros

Errar é parte de qualquer processo ou habilidade que queira aprender. Sem errar, é impossível evoluir, a menos que você não seja humano.

Dito isso, reconheça os seus erros e aprenda com eles. Siga em frente e não se cobre tanto. A culpa não serve para nada e eu sei que é difícil pensar sobre isso racionalmente, mas é impossível mudar o passado.

Aprenda a ser sozinho(a), errar, aprender e seguir em frente mais forte e com mais conhecimento.

#14. Esqueça o Celular Por Um Tempo

Não faz sentido querer aprender a ser sozinho(a) e ao mesmo tempo, ficar olhando a vida dos outros nas redes sociais. Dessa maneira, utilize esse tempo para se reconectar consigo mesmo e aproveita para colocar em prática as dicas que falamos anteriormente.

Eu sei que é difícil não olhar o celular toda hora. E quando vem aquele barulho de notificação, a coisa fica ainda pior.

De qualquer forma, faça um esforço consciente e deixe o celular de lado por 1 hora. Se for o caso, desative as notificações.

#15. Ofereça Seu Tempo

Aprenda a ser sozinho(a) e utilize bem o seu tempo, dedicando-se a uma causa que acredita. 

Pode ser algo como, por exemplo, ajudar uma instituição ou preparar alimento para pessoas carentes ou quem sabe trabalhar em algo que possa melhorar a vida e bem-estar dos outros. 

Pense com carinho nisso!

#16. Seja Estranho

Seja você mesmo, faça o que gosta. Essa é a ideia principal desse tópico.

  • Tá com vontade de dançar, DANCE. 
  • Está afim de comer algo que só você gosta, ESSA É A HORA.
  • E aquela máscara de pepino? Por quê NÃO?

Você deve se convencer e se esforçar para entender que viver da maneira que gosta e escolheu é normal. No entanto, você não precisa ficar diariamente deixando de ser quem é e fazendo coisas que não gosta para agradar as pessoas.

Em vez de se sentir mal ou culpado por não atender às expectativas dos outros, coloque foco em usar bem o tempo que tem disponível. 

Apenas mais uma coisa, afaste-se de relacionamentos tóxicos.

Quero saber de você! Gosta de passar um tempo sozinho(a)? Como é para você? O que esse tempo sozinho(a) tem feito por você?

Comente e compartilhe as suas ideias, eu com certeza tenho muito a aprender com você.

Obrigado pelo seu tempo e atenção.

Continue sua evolução aqui:

Autoconhecimento: Como Criar O Futuro Que Deseja Viver

Teste De Autoconhecimento: Qual É O Melhor E Como Fazer

Motivação: Um Guia Para Alcançar Seus Objetivos!

Aprenda a Ser Sozinho (a): 16 Maneiras Para Começar Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *